Afastamento do governador Moisés é cogitada por relator da CPI dos Respiradores

O governador Carlos Moisés respondeu, na última sexta-feira (17), os 15 questionamentos encaminhados pela CPI dos Respiradores, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC). Todavia, os deputados da comissão interna, que tem investigado o caso, apontaram incoerências nas declarações. a

Por isso, o relator da CPI, o deputado Ivan Naatz, deve encminhar junto ao presidente da Casa, Julio Garcia, que o pedido de afastamento de Moisés seja analisado no plenário. Uma reunião deve ser marcada durante a semana pode encaminhar o processo.

O documento de cinco páginas, encaminhado pelo governador, prestava esclarecimentos sobre o seu envolvimento na compra dos respiradores pulmonares da empresa Veigamed. Moisés garantiu que não autorizou o pagamento antecipado de R$33 milhões, tampouco tinha conhecimento prévio sobre o negócio. fonte ndmais.com

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE