Adolescente é preso por ser dono de um perfil do Homem Pateta

Menor confessa ter enviado mensagens, mas diz que tudo não passava de “brincadeira”

O dono de um dos perfis do “Homem Pateta”, figura que habita a internet com o objetivo de propor desafios a crianças e adolescentes que culminem na automutilação e suicídio, foi preso em Sorocaba, interior de São Paulo, na última sexta-feira (10). A Polícia Civil do Estado cumpriu mandados de busca e apreensão e encontrou um adolescente por trás do perfil malígno.

O adolescente reconheceu que usava a conta e mandava mensagens, porém afirmou que tudo não passava de uma “brincadeira”. Os policiais apreenderam o celular do menor, que não teve os dados divulgados, para realizarem uma perícia no aparelho.

“A investigação realizada demonstra que não existe anonimato na internet e reforça que a Polícia Civil é o filtro permanente da justiça e da legalidade”, diz a polícia em nota. Questionados, os agentes de Sorocaba informaram que não há mais informações a serem prestadas e que o caso segue em apuração.

Alerta

Desde junho ao menos três estados registraram casos relacionados ao “Homem Pateta”. As polícias de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, além de São Paulo, estão cientes e emitindo alertas sobre o caso.

O “Homem Pateta” é uma variação da “Baleia Azul” e “Boneca Momo”, perfis criados na internet com objetivos semelhantes e que tiram o sono de pais e responsáveis por crianças pelo mundo.

Com a prisão do menor, o caso será investigado pela Vara da Infância e Juventude, e ele poderá responder por atos infracionais como ameaça e instigação ao suicídio. Fonte otempo.com.br

Com Agências