125 presos da cadeia de Telêmaco Borba são diagnosticados com Covid-19, diz Depen

Órgão aplicou 272 exames em detentos e servidores. Unidade foi isolada e nenhum preso precisou ser levado para o hospital. Unidade prisional foi isolada por causa da Covid-19

Cento e vinte e cinco presos da Cadeia Pública de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais do Paraná, foram diagnosticados com a Covid-19, segundo o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR). A informação foi divulgada nesta terça-feira (1º).
Em agosto, o órgão já havia informado que 20 detentos e dois servidores tinham recebido diagnóstico da doença.
Desde o início da pandemia no Paraná, 471 presos testaram positivo para Covid-19: ‘Não é alarmante’, diz diretor do Depen
O Depen-PR informou que aplicou 272 testes em presos e servidores da cadeia depois de um funcionário da carceragem ter testado positivo para a Covid-19.
A unidade prisional foi isolada, sem receber presos. Nenhum detento precisou ser levado para o hospital, conforme o departamento.
Segundo o Depen-PR, a situação foi acompanhada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-PR) e pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).
No dia 27 de agosto, médicos de Telêmaco Borba deram alta para 124 presos e todos os servidores, de acordo o órgão.
O último preso que ainda não havia recebido a liberação médica deve passar por avaliação nesta terça-feira, segundo o departamento.