Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci, em Roma, também conhecido como Aeroporto Fiumincino

Os viajantes ansiosos para voar novamente podem pensar na Itália como seu próximo destino.

O Aeroporto Fiumicino, de Roma, tornou-se o primeiro do mundo a receber a Classificação de Aeroporto 5 Estrelas Covid-19 da Skytrax, um órgão internacional de avaliação da indústria de aeroportos.

Embora a Skytrax seja mais conhecida por suas listas anuais dos melhores aeroportos do mundo, a crise global da Covid-19 levou a organização a propor uma categoria especial para higiene aeroportuária.

De acordo com um comunicado da Skytrax, a organização baseou sua classificação em “uma combinação de verificações de eficiência processual, análise de observação visual e testes de amostragem de ATP (em superfícies)”.

O Aeroporto Fiumicino (FCO), também conhecido como Aeroporto Internacional Leonardo Da Vinci, é o mais movimentado da Itália.

Em 1º de setembro, o aeroporto romano inaugurou um centro de testes de coronavírus com 650 metros quadrados, que é coadministrado pela Cruz Vermelha italiana.

Mas não foi apenas a área de testes bem organizada que a Skytrax observou em sua análise sobre o FCO. O aeroporto ganhou pontos por ter sinalização de fácil leitura em vários idiomas, aplicação rigorosa do uso de máscara, equipe de limpeza visivelmente presente e a consolidação de todos os voos de entrada e saída em um único terminal para facilitar o rastreamento.

Até agora, a Skytrax, sediada no Reino Unido, só conseguiu monitorar aeroportos europeus.

Além da classificação de cinco estrelas do FCO, três outros aeroportos receberam três estrelas pela resposta à Covid: o de Málaga-Costa del Sol (AGP), na Espanha, o de Nice Côte d’Azur (NCE), na França, e o Heathrow, em Londres ( LHR).

De acordo com o sistema de classificação Skytrax, cinco estrelas indicam “padrões muito elevados de limpeza do aeroporto e procedimentos de manutenção”, enquanto quatro estrelas é “bom” e três, “médio”. Duas estrelas, a classificação mais baixa possível, significa que os protocolos anti-Covid-19 do aeroporto “precisam ser corrigidos”.

A Skytrax espera classificar aeroportos na América do Norte, Oriente Médio e Ásia ainda este ano, conforme mais fronteiras nacionais começam a ser abertas.

Aeroporto de Roma

Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci, em Roma, também conhecido como Aeroporto Fiumincino

Foto: Wikimedia Commons

 

Leitores On Line