Criptomoeda Chiliz sobe 11% após PSG anunciar NFTs do tour pelo Japão

PSG anunciar NFTs

Na última semana, a criptomoeda Chiliz (CHZ) subiu 11%, de acordo com publicação do Portal do Bitcoin. O aumento vem após o time PSG anunciar NFTs do seu primeiro tour internacional. 

O time francês Paris Saint-Germain anunciou seu primeiro tour no Japão. O time dos craques Neymar e Messi vai jogar três partidas no país com clubes tradicionais japoneses entre os dias 16 e 25 de julho. 

PSG lança ingressos em NFT

Como celebração do tour, o clube vai lançar os ingressos das partidas em NFTs do PSG. Os tokens não fungíveis também dão acesso a experiências exclusivas para os fãs, como salas VIP em Tóquio e fotos e itens autografados pelos jogadores. Eles são baseados no blockchain da Ethereum. Você pode adquirir os ativos no site oficial do evento, o PSG Japan Tour 2022, até amanhã (dia 13). 

Coleção NFT comemorativa do PSG

Além dos ingressos em NFT, o Paris Saint-Germain também lançou coleções de NFTs comemorativas do tour. Os tokens contam com vídeos gravados pelos próprios jogadores do PSG, além de artes digitais mostrando as estrelas do time nos novos uniformes.  

PSG e os NFTs

Porém, esse não é o primeiro empreendimento do time no universo dos NFTs e das criptomoedas. Afinal, o time foi um dos pioneiros no setor, lançando o PSG Fan Token no começo de 2020. O token permite que os fãs participem da rotina de treinamento do clube e de votações de escolhas do Fundo de Doação do Paris Saint-Germain, que apoia projetos educacionais, ambientais e humanitários. 

O diretor de diversificação da marca e marketing do time na época, Fabien Allègre, afirmou que há muito tempo o PSG havia “abraçado as evoluções no mundo Blockchain, como o primeiro clube a lançar nossos Fan Tokens imensamente bem sucedidos com nossa parceira Socios, e o primeiro a trabalhar com a SoRare. Ele ainda afirmou que o time estava empolgado em dar mais um passo na tecnologia Blockchain.

Outra coleção que o time lançou foi a Tiger Champs, comemorando os dez anos consecutivos do PSG como campeão da Ligue 1, principal campeonato de futebol da França. O clube lançou 10 mil tokens em parceria com a Crypto.com, plataforma exchange de criptomoedas.

Alguns dos craques do time também têm investido na área da Web3. No último mês, o jogador Mbappé se tornou embaixador oficial da Sorare, um fantasy game de futebol com tokens não fungíveis. O brasileiro Neymar Jr. também já investiu muito na área, possuindo umas coleções NFTs mais valiosas entre as celebridades globais. 

Os NFTs e os esportes

Os empreendimentos da Web3 são muito usados no setor esportivo, com times aproveitando os NFTs e as criptomoedas como forma não apenas de gerar receita, mas também de incentivar o engajamento dos fãs com o clube. 

A plataforma Socios, com que o PSG faz parceria desde 2020, é uma das maiores do mundo e tem parcerias com diversos clubes, incluindo brasileiros como Atlético-MG, Corinthians e Flamengo. 

A Socios já declarou que a chegada no mercado brasileiro foi uma virada de jogo para a plataforma. ”Nossos parceiros e usuários brasileiros estão dando uma grande contribuição para o crescimento e desenvolvimento de nosso produto, e tenho certeza que essa parceria nos permitirá continuar construindo uma plataforma mais forte e experiências ainda melhores para os fãs”, explicou o CEO da Chiliz, Alexandre Dreyfus, segundo publicação do MKT Esportivo.