Conheça 5 atletas brasileiros que apostaram em NFTs

brasileiros que apostaram em NFTs

O mercado das criptomoedas e dos NFTs está passando por um momento difícil, mas continua sendo um setor lucrativo. E uma das áreas que mais investe no mundo da Web3 é a de esportes. Vários times possuem moedas digitais próprias e fazem parcerias com empresas para lançar coleções exclusivas de tokens não fungíveis. Conheça 5 atletas brasileiros que apostaram em NFTs.

1.Richarlison

O jogador da seleção brasileira anunciou esta semana sua coleção de NFTs com a International Digital Group (IDG). Um dos NFTs da categoria “Lendários” terá um lançamento especial e o comprador ganha uma viagem de duas pessoas para Liverpool. O pacote ainda inclui três dias de hospedagem, um jantar com o jogador, uma camisa autografada e a oportunidade de assistir a um jogo de camarote. 

“Os lançamentos dos NFTs com momentos marcantes da minha carreira e da minha vida são, além de uma maneira de eternizar essas lembranças, uma forma de estar ainda mais próximo de alguns destes fãs”, comentou o jogador, conforme publicado pelo Money Times.

2.Ronaldinho Gaúcho

O pentacampeão da seleção brasileira já fez algumas investidas polêmicas no universo da Web3. No ano passado, ele se filiou a empresas que depois se revelaram esquemas de pirâmide de criptomoedas. 

No entanto, o “Bruxo” não deixou de investir no setor. Ele lançou tokens não fungíveis em parceria com a Shirtum, os “Dinhos”. Além de serem itens colecionáveis, os tokens também dariam acesso a momentos importantes da carreira do jogador no metaverso da plataforma.  Porém, a moeda da plataforma, a $SHI, está desvalorizada e quase 80% dos Dinhos não foram vendidos. 

Em junho, Ronaldinho divulgou a coleção Trolltown, disponível na plataforma OpenSea, e até ganhou um NFT com um troll próprio.

3.Neymar

Um dos maiores nomes do futebol brasileiro, Neymar já começou sua coleção de NFTs. O jogador do Paris Saint-Germain adquiriu dois tokens da coleção Bored Ape Yatch Club. No momento os NFTs da coleção estão desvalorizados, mas o portfólio de tokens de Neymar continua sendo um dos mais valiosos entre as celebridades globais.

4.Bob Burnquist

O skatista brasileiro Bob Burnquist investe em criptomoedas e NFTs desde 2017, quando amigos dos Estados Unidos o aconselharam a comprar Bitcoin. Em outubro de 2021, o atleta lançou a coleção de NFTs “Burnquist Gold”, inspirados na proporção áurea com 1.618 itens. 

Ele também virou embaixador da PowerJags, coleção de NFTs da ONG AMPARA SILVESTRE. Os tokens eram uma série de criptoartes inspiradas na onça pintada. 40% dos lucros foram destinados à ONG para ajudar a preservar a espécie. 

O anúncio mais recente do skatista é o lançamento do CriptoCria, um curso sobre criptomoedas, NFTs e tecnologia blockchain para jovens de comunidades carentes. O projeto conta com a colaboração das plataformas ShapeShift, Giveth e Impact.

5.José Aldo

O lutador brasileiro de MMA, José Aldo, anunciou sua primeira coleção de tokens não fungíveis em março. A parceria com a Biobots produziu 7.777 NFTs colecionáveis envolvendo experiências da carreira do lutador. 

Além dos tokens conterem imagens do jogador, eles também proporcionam experiências no mundo físico. O usuário pode participar de sorteios de itens autografados, receber mensagens personalizadas, participar de treinamentos do atleta, entre outras experiências que variam entre a categoria do token.

No futuro, José ainda deve ganhar um ginásio exclusivo no metaverso da Sandbox.