Vereador Odir Nunes pode ser cassado

A Câmara de Vereadores de Joinville discutiu, na sessão on-line desta quarta-feira, (15), a possibilidade da cassação do vereador Odir Nunes (PSDB). O eleitor Carlos Eduardo da Silva, socorrista, entrou com uma denúncia na Câmara de Vereadores de Joinville contra a fala do vereador Odir Nunes (PSDB), em recente sessão virtual ordinária, onde o parlamentar disse que “o prefeito mereceria apanhar. (Assista)

Por 11 votos a 5 a Câmara de Vereadores de Joinville acatou a denúncia do munícipe Carlos Eduardo da Silva, contra o vereador Odir Nunes (PSDB). Em recente sessão virtual ordinária, onde o parlamentar afirmou que “o prefeito Udo Dohler mereceria uma camaçada de pau. Ele tem que apanhar”. Agora a casa legislativa inicia o processo de cassação do mandato do parlamentar. Os vereadores Jaime Evaristo, (PSC), Mauricinho Soares (MDB) e Pelé. Foram sorteador para a Comissão processante que vai analisar o caso.

Discussão

O fato ocorreu na sessão on-line que foi transmitida pelas redes sociais da Câmara de Vereadores de no dia 07/07. O bate boca ocorreu quando o vereador Odir Nunes, (PSDB), fez um comentário que comerciantes da região central da cidade fizeram pelo fim das obras do rio Mathias.

Se fosse eu no lugar de empresário, eu ia atrás do prefeito em um evento e dava uma camaçada de pau no prefeito, o prefeito merece apanhar, onde ja se viu, deixar famílias inteiras passando necessidade. disparou o vereador Odir Nunes (PSDB).

De outro lado, o vereador Richard Harrison (MDB), retrucou “O senhor é um mentiroso, e eu lhe provo que é mentiroso….. o que você fez hoje, incitando o crime, apologia ao crime, falando que as pessoas para agredir o prefeito…. eu quero ver fazer isso comigo, vou estar lá te esperando ” , desabafou.

Em nota, a prefeitura de Joinville emitiu um comunicado.

A Prefeitura de Joinville lamenta a postura adotada pelo vereador Odir Nunes que ameaça agredir fisicamente o prefeito Udo Döhler e também estimula o uso desta prática contra o líder do Executivo municipal.

Essa postura não é admissível a um vereador que, mesmo tendo o direito de emitir a sua opinião, não é apropriada uma declaração que incentive a violência a qualquer joinvilense. A Prefeitura de Joinville condena e repudia esse tipo de atitude emitida pelo vereador Odir Nunes.

A assessoria do Vereador Richard Harrison emitiu uma nota. Confira na íntegra.

Tudo começou na fala do vereador Odir Nunes, que ao criticar o governo municipal por conta dos atrasos nas obras do Rio Mathias sugeriu que os empresários dessem uma “camaçada de pau” no prefeito Udo Dohler. Que o prefeito “merece apanhar”, nesses termos.

A incitação à violência contra um senhor de quase 80 anos gerou a revolta de alguns parlamentares. Usar o espaço de fala para pedir que a população agrida ao prefeito é “criminoso”, uma incitação à violência. Por isso precisei respondê-lo de maneira mais enfática.

Além disso, ao tratar de outro projeto que estava sendo discutido (sobre incentivo ao esporte), Odir usou imagens de uma fala minha como se fosse numa audiência pública, porém a fala foi em outra data, não participei de tal audiência na época, o que acabou distorcendo PS fatos e tirando minha fala de contexto. Por isso o chamei de mentiroso.

Discussões são normais em nosso meio, mas lamento que as vezes alguns colegas ultrapassem o limite da responsabilidade, como fez o vereador Odir Nunes.

Richard Harrison

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line