Vara da Fazenda da comarca de Lages retoma perícias previdenciárias e de medicamentos

No Fórum, o procedimento foi diferente do habitual. O intervalo entre uma consulta e outra, que antes era de cinco minutos, passou para 15 minutos. Tempo para encerrar o procedimento e preparar o local para o próximo atendimento. O médico perito Youssef Elias Ammar, especialista em medicina do trabalho, reforça que todas as medidas de combate ao coronavírus foram tomadas.

Com máscara, protetor facial e luvas descartáveis, Youssef e o paciente conversam a uma distância de cerca de três metros. Apenas no momento do exame físico é que o contato se torna mais próximo. “As pessoas têm álcool gel à disposição quando entram no Fórum, ao acessar o salão e ao lado da maca. Além disso, há higienização do espaço. Tudo para que o procedimento seja o mais seguro possível. Todos chegam e permanecem de máscara”, ressalta.

Outra mudança trata do laudo pericial. Nas audiências integradas, realizadas desde agosto de 2018, o médico examina o paciente no período da manhã e à tarde ocorre a audiência e sentença do magistrado. Especialmente agora, o perito encerra a consulta, grava um áudio pelo celular e o envia pelo WhatsApp para o cartório. Quem recebe é a chefe do setor, Alessandra de Andrade Berns.  Ela converte a mídia e junta aos autos. “As partes terão 15 dias para se manifestar. Não havendo manifestação, o processo segue para o Ministério Público e na sequência é sentenciado pelo juiz da unidade”, explica. Na Vara da Infância e Juventude as perícias em ações de medicamentos envolvendo crianças e idosos estão agendas para o dia 6 de agosto.

Imagens: Divulgação/Comarca de Lages
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line