Usuários reclamam que não foram avisados de agências do INSS fechadas em SP; reabertura não tem data definida

Agências não reabriram em SP após decisão judicial suspendendo atendimento. Data de reabertura das agências do INSS em São Paulo continua indefinida
Depois de mais de 5 meses fechadas por causa da pandemia de coronavírus, as agências do INSS começam a reabrir para atendimento presencial nesta segunda-feira (14) no país, com exceção do estado de São Paulo Paulo, em razão de uma decisão judicial. O INSS recorreu da decisão, mas ainda não há data para a retomada do atendimento.
Usuários relataram, porém, que, ao longo do dia foram às agências do INSS no estado de São Paulo para atendimento e foram pegos de surpresa, por não terem sido avisados do fechamento.
Nesta primeira etapa, porém, as agências atenderão apenas segurados agendados.

“A reabertura das agências se mostra indispensável para que parte da população que necessita dos serviços presenciais não seja prejudicada, especialmente neste momento de pandemia”, disse o INSS, em nota.
Para a reabertura, uma portaria publicada na sexta-feira (11) no Diário Oficial da União estabeleceu as medidas de prevenção que deverão ser adotadas.
Distanciamento, temperatura corporal e mais: veja medidas necessárias para reabertura
Médicos não retornam, e perícias agendadas no INSS são suspensas
O instituto optou por reabrir as maiores agências, que respondem por cerca de 70% da demanda. O horário de funcionamento será das 7h às 13h. Antes da decisão judicial em São Paulo, a estimativa era de que mais de 600 das 1,5 mil agências do país estariam funcionando nesta segunda.
“Serão priorizados nesta primeira fase serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional”, informou o Ministério da Economia, em nota.
Desembargador determina a suspensão da reabertura das agências do INSS no estado de SP
Só será atendido quem agendar antes o atendimento
O objetivo da medida, segundo o INSS, é evitar aglomerações dentro e fora das agências. O agendamento deve ser feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135. O INSS também pede que os segurados não cheguem com muita antecipação ao horário marcado, para evitar aglomerações.
Clique aqui para acessar o Meu INSS pelo site
Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares Android
Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares iOS (Apple)
Ao realizar o agendamento, o segurado será orientado em relação à agência onde será atendido.
Quem for às agências deverá usar máscaras e será terá sua temperatura medida antes de entrar no local.
Os servidores, empregados públicos, contratados temporários, estagiários, terceirizados e colaboradores deverão usar Equipamentos de Proteção Individual para realização das suas atividades.
Se a temperatura se mantiver indicativa de febre (mais que 37,5°C), o acesso do segurado será negado e ele será orientado a procurar uma unidade de saúde ou um médico. O funcionário deverá ainda orientar o cidadão a realizar o reagendamento do serviço pelos canais remotos.
Reabertura terá restrição de serviços
Segundo o INSS, estão disponíveis para atendimento presencial os serviços de:
perícia médica;
avaliação social;
cumprimento de exigência;
justificação administrativa ou judicial; e
reabilitação profissional.
Solicitações de aposentadoria, pensão, salário maternidade, continuam sendo feitos remotamente.

Leitores On Line