UFV vai receber R$ 2 milhões para ampliação de vagas em moradia estudantil do campus Viçosa


Os recursos para são decorrentes de multas contra a Samarco, pelo rompimento da barragem do Fundão, em 2015, em Mariana (MG). ‘Alojamento Velho’ do campus Viçosa será reformado e reaberto para estudantes
UFV/Divulgação
A Universidade Federal de Viçosa (UFV) vai receber cerca de R$ 2 milhões a ampliação de vagas para alunos em vulnerabilidade socioeconômica nas moradias estudantis. A verba será investida em uma reforma no “Alojamento Velho” do campus Viçosa, desativado desde 2018.
Os recursos para a obra virão do repasse de multas trabalhistas decorrentes de uma ação por danos morais coletivos movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em desfavor da Samarco, pelo rompimento da barragem do Fundão, em 2015, na cidade de Mariana (MG).
Após as obras, que têm previsão de conclusão em 2022, a UFV poderá oferecer aos estudantes mais 176 vagas de moradia. Elas irão se juntar às 1.114 atualmente ofertadas nos outros cinco espaços do campus: “Feminino”, “Novo”, “Novíssimo”, “Pós” e “Posinho”.
O “Alojamento Velho”, que será reativado com as obras, foi inaugurado como moradia em 1928, dois anos após a criação da UFV.
A confirmação do repasse já foi publicada no Diário Oficial, como “extrato de convênio”, pela Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) da 3ª Região. A negociação envolveu diversas representações atuantes na jurisdição da Vara do Trabalho de Ouro Preto.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line