Turbinado por Bolsonaro, Russomanno ameaça tucanato em São Paulo

Conselheiros de Jair Bolsonaro no Planalto dizem que o presidente decidiu entrar de cabeça na eleição em São Paulo.

Contra o que está sendo chamado de “novo centrão” eleitoral, o consórcio de partidos unidos na candidatura do tucano Bruno Covas — que lembraria a de Geraldo Alckmin em 2018 –, Bolsonaro vai mergulhar na candidatura de Celso Russomanno, do Republicanos.

Com o apoio de setores importantes dos evangélicos e com maior visibilidade nas redes sociais, Russomanno vira uma forte ameaça ao aparente cenário de reeleição tranquila de Covas.

Com a popularidade de Bolsonaro no palanque e a inevitável disputa de 2022 com João Doria antecipada, o jogo eleitoral em São Paulo promete.

Leitores On Line