Tiroteio entre Marinha do Paraguai e contrabandistas no Rio Paraná assusta moradores da fronteira


Marinha paraguaia afirma que tráfico e contrabando pelo rio aumentou desde que a Ponte da Amizade foi fechada. Tiroteio assusta moradores da fronteira com o Paraguai
Um tiroteio que aconteceu entre contrabandistas que cruzavam o Rio Paraguai e a Marinha do Paraguai assustou pessoas que moram próximo à fronteira, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.
O confronto aconteceu na madrugada de quinta-feira (16), segundo a Marinha paraguaia. Veja o vídeo acima.
Segundo a Marinha do Paraguai, contrabandistas reagiram atirando a uma abordagem dos militares. Um oficial foi atingido na cabeça e levado ao hospital em estado grave.
“Já tinha ouvido alguns barulhos, mas nada assim tão forte”, afirmou uma moradora que não quis se identificar.
Contrabandistas e traficantes estão usando o Rio Paraná para atravessar a fronteira
Reprodução/RPC
De acordo com o órgão paraguaio, o ataque foi uma tentativa de desencorajar a ação dos militares contra o contrabando e o tráfico de drogas.
“Eu fiquei um pouco preocupada e entrei em casa, não fiquei mais na janela”, afirmou uma moradora.
A Marinha do Paraguai disse que o contrabando migrou para o Rio Paraná desde o fechamento da Ponte da Amizade, mas que as ações de combate no rio vão continuar.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE