Telecine Open Air apresenta 28 filmes em tela gigante na Marina da Glória


Produções serão exibidas em um espaço de 325 metros quadrados – equivalente a uma quadra de tênis. Por causa da pandemia do novo coronavírus, festival, que começa na quarta-feira (16), virá no formato drive-in este ano. A tela de 325 metros quadrados do Open Air recebe os últimos preparativos na Marina da Glória.
Carlos Brito
É possível que o Hotel Overlook, principal cenário de “O iluminado”, pareça um pouco menos sombrio com a vista da Marina da Glória ao fundo. Mas também é pouco provável que o filme dirigido por Stanley Kubrick – adaptação da obra de Stephen King – perca a capacidade de assustar plateias, como tem feito desde o lançamento, em 1980.
Considerado um dos melhores filmes de terror já feitos, o longa é uma das principais atrações do Telecine Open Air – evento que, de quarta-feira (16) até o dia 4 de outubro, vai apresentar uma série 28 longas em projeções feitas na maior tela de cinema do mundo, no espaço da Marina da Glória.
Jack Nicholson vive o atormentado Jack Torrance em “O iluminado”, de Stanley Kubrick.
Reprodução
Com 325 metros quadrados, área equivalente a uma quadra de tênis, o equipamento veio da Suíça em um navio. Para se ter uma ideia das dimensões do espaço de projeção, as legendas têm 1,5 metro de altura.
Elijah Wood na saga ‘O Senhor dos Anéis’, de Peter Jackson.
Divulgação
E se Kubrick está bem representado com seu terror – e também com “Laranja mecânica” e “De olhos bem fechados”, seu último filme –, o público vai encontrar muitas outras produções, de gêneros e diretores variados. “Os goonies”, de Richard Donner, “O grande Gatsby”, de Baz Luhrmann, “O senhor dos anéis – A sociedade do anel”, de Peter Jackson, e “De volta para o futuro”, de Robert Zemeckis, entre outros, estão no programa.
Elenco de “Três verões”, de Sandra Kogut.
Divulgação/Vitrine
Também há espaço para o cinema brasileiro. “Três verões”, de Sandra Kogut, abre o evento na sessão das 20h desta quarta. “O auto da compadecida”, de Guel Arraes, e “Central do Brasil”, de Walter Salles, também estarão disponíveis.
Drive-in
“Precisamos fazer adaptações e o formato drive-in era o possível. Tomamos todos os cuidados com a segurança”, explicou Renata Salles.
Marcos Serra Lima
O Telecine Open Air não ficou imune aos efeitos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Inicialmente previsto para maio, para ser realizado, precisou passar por algumas adaptações. A principal é que, este ano, vai funcionar no esquema drive-in, com os espectadores acompanhando filmes de dentro de seus carros.
“Pensamos na segurança do público e da nossa equipe. Contamos com a consultoria da Fundação Oswaldo Cruz para tomar as medidas que garantirão que o público assista os filmes sem se expor a riscos de contaminação”, explicou Renata Salles, diretora-geral da D+3, produtora responsável pelo evento.
No total, o espaço poderá receber até 74 carros – cada veículo poderá ter até quatro pessoas em seu interior. Além disso, os pedidos na bombonière do cinema poderão ser feitos pelo celular.
“O drive-in era o formato possível para este ano. Tenho certeza que o público vai gostar. E se tudo der certo e superarmos este momento que vivemos agora, voltaremos no ano que vem no formato tradicional de cinema”.
Programação da 1ª semana:
16/9 – Quarta-feira – Noite de abertura:
Abertura dos portões: 18h
Início da sessão: “Três verões” (estreia nacional -Telecine) – 20h
17/9- Quinta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Os goonies” (35 anos)– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “O grande Gatsby” – 22h
18/9 – Sexta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Harry Potter e a pedra filosofal” – 18h
Reabertura da casa: 22h
Início da sessão: “Rogue One: uma história Star Wars”– 23h
19/9 – Sábado:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “O rei leão” – 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “La La Land”– 22h
20/9 – Domingo:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Detetives do prédio azul 2: o mistério italiano”– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “Uma linda mulher” (30 anos)– 22h
Programação da 2ª semana:
23/9- Quarta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “O auto da compadecida”– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “De olhos bem fechados” (Kubrick)– 22h
24/9- Quinta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “De volta para o futuro” (35 anos)– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “O iluminado” (40 anos)– 22h
25/9- Sexta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “O senhor dos Anéis: a sociedade do anel”– 18h
Reabertura da casa: 22h
Início da sessão: “Coringa”– 23h
26/9- Sábado:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Pets: a vida secreta dos bichos 2″– 18h
Reabertura da casa: 22h
Início da sessão: “Bohemian rhapsody”– 22h
27/9- Domingo:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Como treinar seu dragão 3″– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “Um lugar chamado Notting Hill”– 22h
Programação da 3ª semana:
30/9- Quarta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Central do Brasil”– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “Laranja mecânica” (Kubrick) – 22h
01/10- Quinta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Ghost – Do outro lado da vida” (30 anos)– 18h
Reabertura da casa: 21h
Início da sessão: “Nós” – 22h
02/10- Sexta-feira:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “O hobbit – Uma jornada inesperada”– 18h
Reabertura da casa: 22h
Início da sessão: “1917” – 23h
03/10- Sábado:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Turma da Mônica – Laços”– 18h
Reabertura da casa: 22h
Início da sessão: “Footloose – Ritmo louco”– 23h
04/10- Domingo:
Abertura dos portões: 17h
Início da sessão: “Aladdin”– 18h.
Serviço:
Datas: de 16/9 a 4/10 – de quarta a domingo;
Local: Marina da Glória – Avenida Infante Dom Henrique, sem número, Aterro do Flamengo – Rio de Janeiro / RJ;
Telefone: (21) 2555-2200;
Ingressos – Valor cobrado por carro – capacidade máxima permitida por veículo – até 4 pessoas: R$ 200 (inteira);
R$ 100+ R$ 5 (meia-solidária) – para o #salveproducao; meia-entrada solidária, pelo valor de R$105, em que R$5 são doados para o Salve Produção e o evento dobra esse valor, totalizando R$10 em doação a cada ingresso solidário;
Vendas no site openairbrasil.com.br, pela bilheteria digital;
Capacidade de público do evento: 74 carros;
Classificação indicativa das sessões de cinema: de acordo com a classificação indicativa de cada filme;
Sessões infantis: classificação livre.
Leitores On Line