Suspeito de participar de estupro coletivo contra adolescente de 13 anos na Região de Curitiba é preso, diz polícia

De acordo com a Polícia Civil, além do rapaz preso, seis adolescentes participaram do crime. Um deles foi apreendido na manhã desta quinta-feira (20). Polícia Civil investiga estupro coletivo contra adolescente de 13 anos, em Piraquara

Um suspeito de participar de um estupro coletivo contra uma adolescente de 13 anos foi preso, de acordo com a Polícia Civil. O crime aconteceu em julho, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.
Sete pessoas, segundo a Polícia Civil, participaram do estupro e gravaram o crime com celular. Conforme a Polícia Civil, somente um suspeito tem mais de 18 anos.
Ele foi preso em casa na quarta-feira (19). Ele tem 20 anos.
Até a manhã desta quinta-feira (20), ele não tinha prestado depoimento. Mas, de acordo com a Polícia Civil, informalmente negou os fatos.
A Polícia Civil investiga quem são os seis adolescentes envolvidos no estupro coletivo. Um deles foi apreendido nesta manhã, ainda segundo a Polícia Civil.
A investigação
A vítima, conforme a Polícia Civil, foi convidada por um amigo para ir a uma festa, que era realizada na casa de um dos suspeitos e onde aconteceu o crime. Pelo menos, 30 pessoas estavam na festa.
A garota foi estava sob a mira de um revólver, de acordo com a Polícia Civil. Ela disse aos policiais que foi ameaçada para não denunciar o caso. Além disso, relatou que havia drogas e álcool no local.
O estupro foi confirmado por um exame feito pelo Instituto Médico-Legal (IML). O inquérito policial apura os crimes de estupro de vulnerável, corrupção de menor e associação criminosa.
Segundo a Polícia Civil, a menina está sendo recebendo acompanhamento psicológico.