STJ isenta Facebook e Microsoft de divulgarem dados de usuários em duas ações judiciais

Com o grande crescimento do acesso à internet, a segurança de dados é uma das maiores preocupações do momento. Medidas como o Marco Civil da Internet e a mais recente Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD) são duas das ações praticadas pelo governo como forma de impedir que grandes empresas tenham acesso irrestrito aos dados dos usuários, regulamentando os meios pelos quais certas informações podem ser adquiridas.

Ainda assim, não são raros os escândalos envolvendo a proteção de dados dos usuários, sendo Facebook e Microsoft duas das principais companhias envolvidas. A empresa de Mark Zuckerberg foi protagonista de um dos maiores vazamentos de dados da história por meio do caso Cambridge Analytica, enquanto a gigante de Redmond foi alvo de ataques em fevereiro desse ano que resultaram na divulgação de informações de mais de 250 milhões de usuários.

Agora, as empresas voltaram a se envolver em problemas com dados, mas desta vez em uma situação curiosa. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) isentou Facebook e Microsoft de divulgarem dados de usuários em dois processos judiciais movidos contra cada companhia.

Clique aqui para ler mais

Leitores On Line