Sobe para 204 o número de ocorrências após temporal em Blumenau

As equipes continuam trabalhando no atendimento às demandas registradas. Como muitos casos envolvem a retirada de árvores e galhos sobre residências exigem cautela para evitar que cause ainda mais danos à estrutura. Os trabalhos serão suspensos durante o período da noite, para garantir a segurança dos profissionais envolvidos.

A Defesa Civil recebeu até o momento, 25 pedidos de avaliação de risco de muros e árvores. Foram registradas 109 quedas de árvores e 57 destelhamentos. Mais de 300 kits de lona foram entregues, porém a Secretaria ressalta que as lonas são entregues para situações emergenciais, para que os moradores possam cobrir móveis e eletrodomésticos durante o período a chuva, diminuindo os prejuízos. A Prefeitura, com base nos levantamentos dos prejuízos, analisa a possibilidade de decretar estado de emergência em Blumenau.

Em caso de risco de queda de árvore, as pessoas devem entrar em contato com a Defesa Civil, por meio do telefone 199 ou então pela ouvidoria do município, no telefone 156. Os técnicos da Defesa Civil irão até o local fazer uma vistoria e em caso de risco iminente, autorizam a poda ou corte das mesmas.

Instituições de ensino atingidas
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) registrou 62 ocorrências, 27 nas Escolas e 35 nos Centros de Educação Infantil (CEIs). As principais ocorrências envolvem destelhamento e queda de árvores. As Escolas mais atingidas foram a EBM Machado de Assis e a EBM Tiradentes e Júlia Strzalkowska. A Semed já iniciou os reparos e as equipes de engenharia seguirão vistoriando as unidades nos próximos dias.

Alerta durante manutenção em telhados
Os agentes da Defesa Civil constataram que muitas pessoas estão se arriscando para fazer o conserto de telhados em edificações. A Secretaria pede que os blumenauenses tenham cuidado, já que nem toda pessoa tem habilidade de executar trabalhos em altura. Nestes casos é importante sempre usar Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado, para evitar acidentes. Ou então, contratar empresa especializada para fazer esse tipo de serviço.

  • Somente suba em alturas se você é treinado na NR 35, ou contrate profissionais que sejam capacitados;
  • Desligue os disjuntores elétricos antes de permitir que alguém suba no telhado para evitar choques;
  • Atente para a estrutura do telhado;
  • Sempre usar linha de vida e capacete.

COM AGÊNCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.