Sistema russo permite bombardeiro atingir qualquer alvo com alta precisão

Bombardeiro russo Su-24

O Gefest com sua mira telescópica não apenas eleva a precisão dos ataques das bombas não guiadas a pequenos alvos localizados na água ou em terra, como também monitoriza continuamente as coordenadas do alvo e da própria aeronave.

O sistema também é capaz de calcular os parâmetros dos lançamentos de bombas depois de sua queda e fazer ajustes relativos ao vento, à temperatura e às manobras do avião automaticamente. Além disso, a ordem de usar a munição é dada no momento preciso.

“Outra vantagem é que os dados sobre o alvo podem ser transmitidos ao sistema automaticamente pelos coordenadores de fogo e os computadores realizarão seu trabalho sem a intervenção do piloto”, explicou ao jornal Izvestia o ex-comandante do 4º Exército da Força Aérea e Defesa Antiaérea russo Valery Gorbenko.

Segundo os especialistas, com a implantação deste sistema os pilotos também poderão interagir com as Forças Terrestres e unidades de operações especiais.

Fontes do Ministério da Defesa russo, consultadas pelo Izvestia, anunciaram que já foi iniciada a primeira fase de implantação deste sistema em caças-bombardeiros Su-24M que estão posicionados na Crimeia.

O Gefest não é totalmente novo, pois se trata de uma versão melhorada do subsistema SVP-24, que foi adotado em 2008 e implantado nos caças-bombardeiros Su-24M envolvidos em operações na Síria, onde demonstrou bons resultados.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line