Sistema de segurança para evitar furtos de celulares começa a funcionar, em Ponta Grossa


‘Salve Celular’ permite que usuários cadastrem identidade do aparelho e avisem caso haja roubo. Consumidores também podem consultar se estão comprando telefone legalmente. Programa ajuda quem teve celular roubado ou perdido em Ponta Grossa
Começou a operar na segunda-feira (14) um sistema de segurança elaborado para evitar furtos e roubos de celulares em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O ‘Salve Celular’ é uma parceira do Ministério Público do Paraná (MP-PR) com a prefeitura e órgãos de segurança pública.
Por meio do programa, proprietários de celular conseguem avisar caso o aparelho tenha sido perdido ou roubado. Além disso, quem está comprando um aparelho também pode consultar se não está adquirindo um produto roubado.
Para participar do programa, é necessário fazer um cadastro em uma plataforma disponibilizada pelo programa, preenchendo dados pessoais e o número de IMEI do celular.
Acesse a plataforma aqui
O IMEI (International Mobile Equipment Identity, ou identidade internacional de equipamento móvel) é um registro digital que funciona como uma identidade para os aparelhos telefônicos.
Cada celular tem o seu próprio número, composto por 15 dígitos. O número de IMEI do aparelho pode ser identificado da seguinte forma:
Discando o comando *#06#;
Procurando em “sobre o celular” no menu “ajustes” ou “configurações”;
Embaixo da bateria, em um adesivo com o número impresso;
Na caixa do aparelho, na parte de trás do celular ou na ‘bandeja’ do cartão SIM (se for um iPhone).
Segundo o MP-PR, 1,4 mil celulares foram furtados ou roubados em Ponta Grossa, em 2019. Até maio deste ano, foram 530 registros do tipo. Os dados são referentes aos casos em que houve registro do crime na polícia.
A expectativa do órgão é que haja redução de 30% no número furtos, roubos e receptação de celulares com o programa. A ideia é baseada num sistema desenvolvido pelo Ministério Público de Pernambuco.
MP-PR espera que crimes de furtos, roubos e receptação caiam 30% com o programa
Lucas Marreiros/G1
Proteção
Para evitar o roubo de celulares em espaços públicos, como em ruas e praças, a Polícia Militar (PM) orienta que os usuários utilizem o aparelho apenas em situações emergenciais.
“Primeiramente procure um lugar seguro, tente proteger suas costas, encostar em uma parede. Ou, entre em um estabelecimento comercial e faça isso de maneira rápida”, orientou a tenente Jaíne de Oliveira.
Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Leitores On Line