Semana marcada por novos leitos e aplicativo para evitar aglomeraes

A semana de combate ao novo coronavírus foi marcada pela abertura de mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Guarapuava, Umuarama, Chopinzinho e Ponta Grossa. Na segunda-feira (13) foi entregue o Hospital Regional de Guarapuava, um dos três finalizados durante a pandemia. A estrutura será fundamental para a estratégia de controle na região central e, num segundo momento, vai atender diversas especialidades médicas em uma área de vinte municípios.

Desde o começo da pandemia, a Secretaria de Estado da Saúde já habilitou 961 leitos de UTI e 1.457 de enfermaria adultos, além de 37 leitos de UTI e 70 de enfermaria pediátricos, em unidades próprias ou contratadas para uso exclusivo de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19.

O Governo do Estado também lançou o aplicativo Melhor Hora Paraná, solução criada pela Receita Estadual, que permite que os consumidores paranaenses possam escolher os horários com menor fluxo de pessoas nos supermercados e farmácias e fazer compras com mais tranquilidade e segurança.

As universidades estaduais do Paraná decidiram adiar seus vestibulares e processos seletivos seriados para 2021 e o Comitê de Volta às Aulas se reuniu com autoridades dos outros Poderes e representantes dos sindicatos para deliberar sobre a volta das aulas na rede pública.

No aspecto estratégico, o governador Carlos Massa Ratinho Junior deu posse aos membros do Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná. Os empresários ajudarão a pensar o Paraná para os próximos 30 anos e criarão linhas estratégicas de desenvolvimento com foco na modernização do Estado, justiça social e ampliação do bem-estar da população. Essa parceria será fundamental na retomada econômica esperada para os próximos meses.

COVID-19

Hospital de Guarapuava

O governador entregou a primeira fase das obras do Hospital Regional de Guarapuava, na Região Centro-Sul. O complexo médico vai funcionar inicialmente para atendimento exclusivo de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Foram colocados à disposição 20 leitos de UTI adulto e 60 de enfermaria. O investimento total é de R$ 115,4 milhões.

Umuarama

Ratinho Junior também entregou 10 novos leitos de UTI para o Hospital Cemil, em Umuarama, no Noroeste do Estado. Eles serão utilizados com exclusividade para tratamento dos casos mais graves de Covid-19 neste momento e depois farão parte da estrutura regular do hospital. O município conta, agora, com 20 leitos de UTI e 30 de enfermaria para adultos, somando os espaços disponíveis também no Hospital Uopeccan.

Chopinzinho

O Instituto São Rafael, de Chopinzinho, no Sudoeste do Paraná, passou a contar com mais 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria exclusivos para pacientes de Covid-19. São mais 143 UTIs e 198 enfermarias, entre leitos adulto e pediátrico, na macrocregião Oeste.

Ponta Grossa

A região dos Campos Gerais ganhou mais 10 leitos de UTI exclusivos para Covid-19. Eles foram instalados no Hospital da Universidade Estadual de Ponta Grossa, que totaliza 30 leitos de UTI e outros 24 leitos clínicos para tratamento de pacientes de coronavírus.

Transparência

Apesar de elevar o nível dos critérios e das especificações de sua avaliação, a Open Knowledge Brasil manteve o Paraná entre os dez estados com maior transparência em relação aos dados sobre o enfrentamento da Covid-19. Pela nova metodologia, o Estado alcançou nota 83, classificada como de alta transparência. Nenhuma unidade da Federação conseguiu atingir os 100 pontos.

App

Uma solução criada pela Receita Estadual, com base na emissão de Notas Fiscais Eletrônicas em farmácias e supermercados, permite que os consumidores paranaenses possam escolher os horários com menor fluxo de pessoas nos estabelecimentos e fazer suas compras com mais tranquilidade e segurança. O aplicativo Melhor Hora Paraná ajuda o cidadão a evitar os horários mais propícios a aglomerações.

Isolamento social

O Governo do Estado manteve a recomendação do isolamento social e reforçou, novamente, a necessidade da adoção de medidas preventivas em todas as regiões do Paraná para conter a pandemia do novo coronavírus. O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, disse que a quarentena restritiva foi importante para equilibrar os estoques dos medicamentos analgésicos, com a interrupção das cirurgias eletivas, e para aumentar a margem de tempo para o Paraná ampliar a oferta de leitos de UTIs nas quatro macrorregiões de Saúde.

EPIs

Presos do sistema penal do Paraná têm trabalhado para colaborar com a produção de equipamentos de proteção individual (EPIs) contra a Covid-19. A confecção de máscaras, jalecos, uniformes, escafandros, toucas e outros itens dentro das unidades prisionais, que já passou de 2 milhões, é uma forma de reduzir a demanda de compra do Departamento Penitenciário e demais instituições ligadas à Secretaria da Segurança Pública. Os equipamentos também se destinam a hospitais e prefeituras.

Bolsistas

Um grupo de bolsistas contratados pelo Governo do Estado reforçou as ações de monitoramento da Covid-19 no Complexo Médico Penal, em Pinhais. Nesta unidade atuam 18 bolsistas (nove enfermeiros e nove técnicos de enfermagem). Os atendimentos variam de 20 a 30 por bolsista, a cada 12 horas. Além disso, outros oito profissionais bolsistas, entre médicos, enfermeiros e nutricionista, atuam na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão e Cadeia Pública do município.

Jogos

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte cancelou os Jogos Universitários do Paraná (Jups) 2020, que fazem parte dos Jogos Oficiais do Estado e são realizados em parceria com a Federação Paranaense do Desporto Universitário (FPDU). Os Jups reúnem mais de 2 mil atletas.

Volta às aulas

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte deu sequência às reuniões setoriais do Comitê de Volta às Aulas. Os encontros foram com representantes do Ministério Público, deputados estaduais, Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe) e APP-Sindicato. Na semana que vem o Comitê definirá um plano de retorno das aulas presenciais, que deve ser apresentado aos epidemiologistas da Secretaria da Saúde ainda em julho e levado novamente ao Comitê no dia 30 deste mês.

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte também anunciou que do dia 18 ao dia 26 de julho haverá recesso escolar para todos os professores e alunos da rede estadual do Paraná. A medida faz parte do calendário escolar e teve metade dos seus dias usados no início da quarentena, em março, quando ainda não havia aulas remotas. A partir do dia 27 as aulas remotas retomam via Aula Paraná, que é o sistema de aulas não presenciais adotado pela Secretaria.

Vestibulares adiados

As universidades estaduais do Paraná decidiram adiar seus vestibulares e processos seletivos seriados para 2021 em virtude da pandemia do novo coronavírus. A decisão tem o objetivo de evitar aglomerações e oferece condições para que os estudantes possam se preparar para o concurso. Confira o calendário AQUI.

Futebol profissional

Os jogos do campeonato paranaense de futebol serão retomados sem público e com acesso restrito nos estádios aos atletas e comissões, organizadores e profissionais da imprensa. Ficou acordado que as partidas deverão respeitar todo o regramento sanitário estabelecido pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que foi referendado pela Secretaria de Estado da Saúde. As normas incluem realização de testes, aferição de temperatura e higienização dos estádios.

AÇÕES DE GOVERNO

Empregos

O governador conheceu o frigorífico Levo Alimentos, em Umuarama, inaugurado na semana passada, e destacou a geração de empregos no setor. O empreendimento é uma iniciativa da C.Vale (Palotina) e da Pluma Agroavícola (Cascavel), que investiram R$ 60 milhões na reforma e aquisição de novos equipamentos para a indústria (antiga Averama, desativada em 2016). Essa fusão deu origem à marca Plusval. A indústria gerou 550 novos empregos de imediato para o abate de 60 mil aves/dia, mas estes números devem chegar a 2 mil postos de trabalho e 200 mil aves/dia nos próximos meses. O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e as empresas negociam um financiamento de R$ 30 milhões para investimentos dos produtores rurais na reforma e construção de aviários, que fornecerão matéria-prima para o frigorífico.

Mais recursos

O governador se reuniu por videoconferência com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para agilizar a liberação do empréstimo de R$ 1,6 bilhão para investimento em infraestrutura no Estado. Em fase final de tramitação na Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a operação depende apenas de uma garantia por parte da União. R$ 600 milhões serão aplicados diretamente na modernização da malha rodoviária paranaense, R$ 600 milhões no Programa Litoral, R$ 300 milhões na segurança pública e R$ 100 milhões em estradas rurais.

Conselho de Desenvolvimento

O governador deu posse aos membros do Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná. Os empresários e lideranças ajudarão a pensar o Paraná para os próximos 30 anos a partir de linhas estratégicas de desenvolvimento com foco na modernização do Estado, justiça social e ampliação do bem-estar da população. Os integrantes estão divididos entre agentes do Governo e do setor produtivo, dos mais diversos segmentos e de todas as regiões do Paraná.

Geoparque

Prudentópolis, município da região central, deve ganhar um geoparque nos próximos anos. Ele conta com cachoeiras, cânions, árvores petrificadas de milhões de anos, a Escarpa da Serra da Esperança, fósseis de idade permiana, afloramentos do Aquífero Guarani, cavernas e paleotocas. Além disso, concentra tradição da cultura ucraniana, religiosidade, museus e casas indígenas da tribo Kaingangue. Um geoparque constitui uma atração turística internacional com cunho científico, por ser uma área de interesse arqueológico e que conta a história da formação da Terra e das transformações ao longo dos bilhões de anos.

Nova parceria

A Compagas anunciou uma parceria com o CIBiogás (Centro Internacional de Energias Renováveis). O termo de compromisso tem como principal objetivo desenvolver estudos e projetos de biometano no Paraná, e prevê estudos de viabilidade técnica-econômica, normas técnicas e boas práticas da injeção do biometano nas redes de distribuição.

Doação de celulares

As universidades estaduais do Paraná vão distribuir 3.200 smartphones doados pela Receita Federal, habilitados com pacotes de dados (3G/4G), para estudantes com vulnerabilidade socioeconômica matriculados em cursos de graduação presencial. A medida tem como objetivo apoiar os alunos para que acompanhem as atividades remotas das instituições neste período. Os equipamentos, oriundos de apreensões em operações de combate ao contrabando, somam o valor de R$ 2 milhões. A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) foi contemplada com 300 aparelhos, a Estadual do Paraná (Unespar) recebeu 1.200, a de Maringá (UEM) 450 celulares, a do Oeste do Paraná (Unioeste) 80, a Estadual do Norte do Paraná (UENP) 901 aparelhos e a do Centro-Oeste (Unicentro) 300 celulares.

Sarampo

Boletim divulgado nesta semana pela Secretaria de Estado da Saúde confirma que o Paraná permanece há 83 dias sem registrar novos casos de sarampo. O informe apresenta 1.838 casos confirmados da doença. São necessários 90 dias sem registro de novas confirmações para que a atual situação de surto seja encerrada no Estado.

Atenção social

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho começou a distribuir 19.190 cestas básicas para prover a segurança alimentar emergencial às famílias de pessoas com deficiência que estão em vulnerabilidade social e foram afetadas pela pandemia da Covid-19. Serão beneficiados 260 municípios.

Cohapar

A Cohapar entregou nesta semana três conjuntos habitacionais construídos no município de Carambeí, na região dos Campos Gerais, somando 154 unidades. As unidades habitacionais fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida – Faixa 1, que atendem famílias que têm uma renda bruta mensal de até R$ 1,8 mil.

Cinquenta famílias de Leópolis, na região Norte, também receberam a chave da casa própria. O residencial chamado Portal do Paranapanema teve investimento de R$ 3,3 milhões. Cada imóvel tem 42 metros quadrados e conta com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa.

Tecpar

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) abriu chamamento público para viabilizar transferência de tecnologia para a produção e comercialização de medicamentos e produtos à base de Cannabis spp., para fins medicinais de uso humano, com intenção de registro em nome do Tecpar. O objetivo é oferecer alternativas ao mercado nacional de novas terapias com o princípio ativo. O edital de chamamento público contempla transferência e internalização de tecnologia para fabricação e comercialização de medicamentos à base de Cannabis spp., e transferência e internalização de tecnologia para registro de produto à base de Cannabis spp. na Anvisa em nome do Tecpar, com preferência para epilepsia na sua indicação terapêutica.

MON

A possibilidade de visitar o Museu Oscar Niemeyer (MON) virtualmente e fazer um tour 3D em várias de suas exposições atraiu um número 11 vezes maior de pessoas entre os dias 21 de março e 30 de junho deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019. O aumento foi de 1.134% nos acessos. Além das visitas 3D no site do Museu, 13 exposições estão disponíveis gratuitamente na plataforma Google Arts & Culture, que desde 2011 tem parcerias com mais de 2 mil instituições culturais em todo o mundo, incluindo 60 museus brasileiros.

Edital da Cultura

Termina no próximo dia 27 de julho o prazo de inscrições no edital Cultura Feita em Casa, lançado no início deste mês pela Secretaria de Comunicação Social e Cultura. Serão selecionados conteúdos digitais artísticos e culturais autorais já finalizados para exibição por meio de plataformas de streaming e mídias sociais do Governo do Paraná. Será disponibilizado R$ 1,02 milhão para seleção de até 510 obras, sendo 85 projetos de cada área cultural do edital. O proponente que tiver a obra selecionada receberá o valor de R$ 2 mil por projeto.

Apoio aos municípios

O Governo do Estado destinou R$ 108,1 milhões desde janeiro de 2019 para atender 253 prefeituras na aquisição de equipamentos que reforçam a prestação dos serviços municipais. Os recursos viabilizaram a compra de itens como ambulâncias, ônibus, caminhões compactadores de lixo, automóveis, vans e equipamentos rodoviários como retroescavadeiras, caminhões basculantes e motoniveladoras.

Leilão no Porto

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) autorizou a Portos do Paraná fazer o leilão de arrendamento de uma nova área de veículos no Porto de Paranaguá. A área PAR12 fica no lado Leste do cais, na retaguarda do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP). Destinado para movimentação de veículos, o projeto prevê área de 74 mil metros quadrados e arrendamento no modelo greenfield, ou seja, sem estrutura física.

Crise hídrica

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) voltou a alertar sobre a crise hídrica. Um relatório divulgado na sexta-feira destacou que o índice de chuvas registrado na primeira quinzena de julho está 60% abaixo da média histórica. Essa condição se reflete diretamente nos níveis dos quatro reservatórios de água para abastecimento público na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), que já registram a preocupante média de 34%.

ECONOMIA

Exportação

O boletim econômico do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, destaca que as exportações do complexo soja (grão, óleo e farelo) alcançaram US$ 3,26 bilhões nos seis primeiros meses do ano. O valor é 30% superior ao do mesmo período do ano passado. Em termos de volume, foram 9,42 milhões de toneladas enviadas ao exterior.

Atividade econômica

Cerca de 87% das empresas paranaenses funcionaram entre 1º e 10 de julho, período em que 134 municípios precisavam cumprir regras mais rígidas sobre o comércio e as atividades não essenciais, segundo o boletim conjuntural das secretarias de Fazenda, do Planejamento e Projetos Estruturantes. O índice caiu em relação aos meses de maio e junho, que registraram 91% e 94% (respectivamente), mas foi maior do que março, em que uma semana atingiu 54%, e abril, com média de 81%. Em Foz do Iguaçu e em Curitiba e Região Metropolitana, áreas impactadas pelas restrições em julho, os índices caíram para 71% e 74% na semana entre 6 e 10 de julho.

Descomplica Rural

O programa que garante mais agilidade nos processos de licenciamento ambiental no campo contribuiu para movimentar a atividade agropecuária, mesmo neste período de crise. Com as licenças ambientais nas mãos, proprietários dos segmentos de agricultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura, piscicultura e suinocultura aumentaram a perspectiva de inserção no mercado. Ao todo, 1.040 proprietários da região de Toledo regularizaram, ampliaram ou iniciaram atividades comerciais no primeiro semestre. Desse total, 800 foram Dispensas de Licenciamento Ambiental Estadual (DLAE), 300 a mais que o mesmo período em 2019

PARANÁ EM OBRAS

Pavimentação rural

Há obras de pavimentação em estrada rural em 48 cidades diferentes (59 convênios), totalizando cerca de 185 quilômetros em todas as regiões do Estado. O investimento é de R$ 46 milhões, com contrapartidas municipais de R$ 3,2 milhões. São áreas essencialmente agrícolas, que vão conseguir melhorar consideravelmente a logística da produção e ampliar a competitividade dentro do acirrado mercado do agronegócio.

Túnel

Três explosões por dia em dois pontos distintos e trabalho ininterrupto de escavação são os únicos caminhos para abrir um túnel de 1,2 quilômetro de extensão e 8 metros de altura dentro de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná. Ele será responsável por auxiliar o escoamento das águas do Córrego Urutago em direção ao Rio Marrecas. As obras começaram em dezembro do ano passado, partem de duas frentes e vão se encontrar no miolo. O investimento do Governo do Estado é de R$ 29 milhões nesse projeto, inédito em uma cidade do Interior do País.

Nova rodoviária

Francisco Beltrão também investe em uma rodoviária de 6,3 mil metros de área construída, doze pistas para entrada e saída de ônibus, jardim interno, espaço para 16 guichês, oito salas comerciais, restaurantes e pé direito com 10,5 metros de altura. São R$ 10,4 milhões de investimento do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas. O projeto será entregue ainda neste ano.

Coronel Vivida

Falta pouco para o Colégio Estadual Tancredo Neves, em Coronel Vivida, na Região Sudoeste, abrir as portas de sua casa nova para a comunidade. Depois de quase 30 anos morando de aluguel, a escola vai ganhar sede própria. A construção do centro de educação é uma das 136 obras de infraestrutura escolar em execução pelo Governo do Estado por meio do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar). O investimento total é de R$ 88,3 milhões.

Sanepar

A Sanepar inicia nos próximos dias a obra que irá substituir 86 mil metros de rede de distribuição de água em Londrina. Orçada em R$ 14 milhões, ela vai garantir melhoria no abastecimento da região central da cidade. Os detalhes da execução do serviço foram apresentados nesta semana ao prefeito Marcelo Belinati. O prazo de execução é de 36 meses.

Laranjeiras do Sul

Os moradores de Laranjeiras do Sul, na Região Centro-Sul do Paraná, contam os dias para chegar julho de 2021, quando o Governo do Estado vai entregar um novo sistema de abastecimento, tratamento e reservação de água para a cidade, com captação diretamente no Rio Tapera. O investimento de R$ 17,6 milhões da Sanepar vai colocar fim a um antigo tormento da população local: a falta de água em alguns pontos do município, especialmente nos dias mais quentes de verão.

Cascavel

Cerca de 30 quilômetros de rodovias pavimentadas, estradas rurais e grandes chácaras separam o centro de Cascavel de uma de suas obras mais emblemáticas: a barragem de captação de águas no Rio São José, na comunidade de São Salvador. É o primeiro estágio da ampliação do abastecimento previsto no plano diretor para as novas gerações. As obras da estrutura de captação atingiram patamar de 70% no começo de julho. O prédio erguido sobre o rio já está praticamente concluído, assim como a tubulação de 14 quilômetros que vai levar as águas até a estação de tratamento do Rio Cascavel, que a bombeará até o perímetro urbano do município.

Transmissão de energia

A Copel concluiu a primeira etapa do programa Confiabilidade Total, criado com o objetivo de modernizar a rede elétrica do Paraná. O conjunto de obras totaliza R$ 300 milhões de investimentos programados para 2020/2022, nas áreas de automação de redes, construção de subestações e tecnologia de comunicação entre equipes de campo e a operação remota do sistema. Neste primeiro semestre foram implantados 597 pontos de automação e 52 sistemas de autorreconstituição da rede elétrica, que identificam o defeito e religam os trechos não afetados, sem a necessidade de interferência humana.

Ponta Grossa

O Parque Lago de Olarias é uma das obras do Governo do Estado em Ponta Grossa. O local recebeu investimento de R$ 4,3 milhões, a fundo perdido. A obra está em fase final de execução e conta com ciclovia, pistas de caminhada, de skate, parque infantil, academia ao ar livre, quadras de areia, dois lagos, deck e um anfiteatro que será usado para apresentações ao ar livre, além de um grande espaço para estacionamento e um módulo da Guarda Municipal. A cerca de cinco quilômetros fica a movimentada Avenida General Carlos Cavalcanti, no bairro Uvaranas. A via passa por uma completa revitalização, com investimento de R$ 8 milhões, recursos do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM).

Colégio Estadual do Paraná

O Colégio Estadual do Paraná (CEP), localizado em Curitiba, está passando pela maior reforma e restauro da história. A sede atual foi inaugurada em 1950 e desde então nunca havia sido restaurada. Boa parte do telhado do colégio já foi refeita. Agora, os trabalhos estão concentrados nos reparos em alvenaria e pintura no interior. Os banheiros estão sendo refeitos completamente, assim como o sistema de prevenção de incêndios. O sistema elétrico também está passando por uma reforma geral. As obras começaram em dezembro de 2018.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE