Sebrae abre inscrições para programa gratuito que leva inovação para pequenos negócios

Por meio do Programa ALI as empresas podem implantar ações inovadoras e revolucionar seus negócios de forma rápida e com baixo custoSebrae abre inscrições para programa gratuito que leva inovação para pequenos negócios

Especialistas dizem que a entrega de soluções voltadas à inovação foi acelerada em cinco anos com a pandemia. É um novo momento, com novas necessidades, e inovar é um caminho sem volta para as empresas. Porém, quando se fala em inovação a tendência, principalmente em se tratando de pequenos negócios, é imaginar que isso é algo inalcançável e que são necessários investimentos muito altos para implantar uma ação ou tecnologia inovadora.

O gerente de Inovação e Empreendedorismo do Sebrae, Jefferson Bueno, garante que inovar de forma rápida e até mesmo sem custo é sim possível. “Nós tratamos o conceito inovação como algo simples, às vezes uma mudança no processo, no procedimento, se isso vai trazer aumento na performance, aumento de produtividade, isso é inovação”, afirma.

Foto/Divulgação: SEBRAE

Há quase uma década, o Sebrae oferece às micro e pequenas empresas catarinenses o Programa ALI (Agentes Locais de Inovação), que auxilia os empresários a inovar nos processos, aumentar a produtividade e ampliar a eficiência competitiva, contribuindo para o desenvolvimento econômico do Estado. Durante três meses a empresa recebe uma consultoria em inovação totalmente gratuita. São dez encontros individuais e personalizados, além de algumas reuniões com outros empresários para troca de experiências.

A Estela, dona de um salão de beleza em Xanxerê, no Oeste do Estado, conta que queria mudar a gestão do seu negócio e procurou o Sebrae. Conheceu o Programa ALI e fez a inscrição. A partir daí passou a receber a consultoria de um profissional capacitado pelo Sebrae. Ele foi até empresa, entendeu a realidade do salão e auxiliou a Estela a implementar ações inovadoras.

Durante a pandemia a empresária criou um novo serviço, um curso que atendia diretamente o cliente final. “Eu retomei as atividades com um projeto de inovação e criei o curso ´Aprenda a arrumar o seu próprio cabelo em casa`, porque estávamos vivendo um período de reclusão”, conta. Além disso, implantou ações de marketing e outras pequenas mudanças, e viu o faturamento aumentar em 50%. Com isso, também foi preciso contratar novos funcionários.

Milhares de pequenas empresas de Santa Catarina já passaram pelo Programa ALI e revolucionaram seus negócios. Camila Regis, gestora do projeto Brasil Mais, lembra que as micro e pequenas empresas interessadas em receber a consultoria de inovação, gratuita, podem se inscrever no site do Sebrae, neste link. Segundo Camila, o objetivo do ALI é elevar a produtividade das empresas brasileiras, e a promoção de melhorias rápidas e de alto impacto. A expectativa é que mais de 12 mil empresas sejam atendidas pelo programa nos próximos dois anos.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line