SC chega a 200 mil casos de Covid-19 com 95% de recuperados

Nesta terça-feira (15), Santa Catarina ultrapassou mais uma marca em relação aos casos de Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico do Governo do Estado, já são 200.241 casos confirmados da doença desde o início da pandemia.

SC chega a 200 mil casos de Covid-19 com 95% de recuperados – Foto: Hospital Regional Terezinha Gaio Basso/Divulgação/ND

Desse total, 190.253 (95%) estão recuperados, e 2.569 foram vítimas fatais. Dos mais de 200 mil registros, 1.601 casos e 26 mortes foram contabilizados na atualização diária desta terça-feira (15).

Proporcionalmente, são 2.794 infectados a cada 100 mil catarinenses, enquanto a taxa de letalidade permanece em 1,28%.

A distribuição por faixa etária segue a mesma de dias anteriores: adultos de 30 a 39 anos são os mais contaminados, com mais de 51 mil casos.

Já as mortes são majoritariamente de quem tem entre 60 a 69 anos (565) ou 70 a 79 anos (568 pessoas).

Joinville ainda acumula maioria de casos e morte

Da mesma forma, a distribuição por município ainda mantém uma concentração semelhante, com Joinville como epicentro. A cidade do Norte catarinense tem 19.942 confirmações de casos, com 303 mortes registradas.

Em seguida, em relação ao número de casos estão: Florianópolis (12.195), Blumenau (11.205), Itajaí (7.091), Balneário Camboriú (6.988), São José (6.637), Criciúma (6.482), Chapecó (6.328), Palhoça (5.665) e Brusque (5.367).

Lotação de leitos de UTI continua a diminuir

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde, 972 (62,6%) dos 1.552 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da rede pública estão ocupados. Destes, 367 são pacientes com confirmação (365) ou suspeita (2) da Covid-19. Há 580 leitos vagos atualmente.

Com isso segundo o painel do Governo do Estado, Santa Catarina registra um dia sem nenhum hospital em lotação máxima, o que vinha ocorrendo há meses, especialmente em unidades de Joinville, epicentro do vírus no Estado.

Isolamento ficou abaixo da média

Em termos de isolamento social, refletindo o comportamento da segunda 14), são 34,2% dos catarinenses estão em isolamento social. Com esse número, o Estado fica na 23ª posição no ranking, e também abaixo da média nacional no quesito, que é de 35,7%.

Leitores On Line