Saiba porque o momento é favorável para compra de imóveis

Apesar do momento vivido em razão da pandemia, desde o decreto de emergência em março deste ano, o mercado imobiliário tem se mostrado favorável tanto para as pessoas que desejam sair do aluguel e comprar a casa própria, quanto para quem deseja trocar para um imóvel maior, ou mesmo para investimento.

Para se ter um ideia do cenário atual, segundo a associação brasileira das entidades de crédito imobiliário, em junho/2020, os financiamentos para a compra e a construção de imóveis somaram 9,3 bilhões no país, 48,7% a mais do que o mesmo período no ano de 2019.

Esse aumento, dentre outros fatores, se deu especialmente em razão da redução das taxas de juros do financiamento imobiliário e da queda na Taxa Selic. Esta, segundo informações do Comitê de Política Monetária (COPOM), no dia 05 de agosto de 2020, reduziu 0,25 ponto percentual, indo de 2,25% para 2,00% ao ano.

Entre os anos de 2010 e 2017 a Taxa Selic oscilava entre 7% e 14,25% ao ano e, desde então, se encontra em seu patamar mais baixo.

Uma vez que esse índice regula os juros básicos da economia brasileira, sua queda significa juros mais baixos para empréstimos e, consequentemente, um cenário favorável para quem deseja adquirir a tão sonhada casa própria.

Esta escolha deve ser feita com cautela e uma prudente avaliação sobre o bem para evitar que o sonho vire um verdadeiro pesadelo. Na dúvida, procure a orientação de um advogado especialista no assunto.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line