Retroescavadeira pega fogo enquanto era transportada por trem e incêndio já dura cerca de 15 horas, em Goiás


Bombeiros atuam no combate às chamas desde 15h de terça-feira (15). Empresa responsável pela ferrovia informou que apura causas do início das chamas e que ninguém ficou ferido. Retroescavadeira pega fogo dentro de trem, em Ipameri
Uma retroescavadeira que era transportada por um trem pegou fogo ao passar por uma região de mata entre Pires do Rio e Ipameri, no sudeste goiano. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio começou por volta de 15h de terça-feira (15) e até as 6h desta quarta (16) ainda estava se alastrando pela região.
A concessionária VLI, responsável pela ferrovia, informou, por meio de nota, que a máquina que estava sendo transportada era usada na manutenção da própria ferrovia. O comunicado diz ainda que as causas do incêndio estão sendo apuradas e que não há vítimas (leia íntegra do posicionamento ao fim da reportagem).
Trabalhadores de fazendas da região disseram ao Corpo de Bombeiros que o maquinista não viu quando a retroescavadeira pegou fogo e seguia viagem. O condutor só parou quando esses trabalhadores avisaram-no do que estava acontecendo.
Retroescavadeira pega fogo enquanto era transportada por locomotiva
Reprodução/TV Anhanguera
A corporação estima que o maquinista tenha percorrido cerca de 30 km da ferrovia com a retroescavadeira em chamas até ser informado do que estava acontecendo e finalmente parar a locomotiva.
Os bombeiros informaram que, chegando ao local onde pegava fogo, identificaram “que se tratava de um incêndio com diversas frentes, com uma extensa linha de fogo, às margens da ferrovia”.
A corporação conta com equipes de Pires do Rio e Ipameri para controlar as chamas. À TV Anhanguera, bombeiros estimaram que cerca de 20 fazendas da região foram atingidas pelas chamas.
Incêndio destrói vegetação no sudeste de Goiás após locomotiva pegar fogo
Reprodução/TV Anhanguera
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Leitores On Line