Resgatada mulher mantida em cativeiro em Viamão; ex é suspeito e está foragido, diz polícia


Homem invadiu a casa da ex na sexta-feira (17), agrediu o namorado dela e uma criança, de seis anos, a marteladas, e sequestrou a mulher. Suspeito tem antecedentes por violência doméstica. Outro homem foi preso em flagrante. Mulher permaneceu sob ameaça em uma propriedade no Beco da Servidão, no Bairro Itapuã, em Viamão.

Uma mulher, de 20 anos, foi resgatada, na noite de sábado (18), após ser mantida em cativeiro por 18 horas em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. De acordo com a Polícia Civil, ela foi agredida e sequestrada, na sexta-feira (17), e permaneceu sob ameaça em uma propriedade no Beco da Servidão, no Bairro Itapuã. O suspeito do crime é o ex-companheiro, de 20 anos, e ele é considerado foragido pela polícia.
Outro homem, que teria ajudado a manter a mulher em cativeiro, foi preso em flagrante. Ele vai responder por crime de sequestro e cárcere privado.
De acordo com a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, o suspeito tem antecedentes por violência doméstica, e não aceitava o fim do relacionamento, ameaçando a mulher de morte caso não retomasse a relação.
A Policia Civil informou que, na sexta, o suspeito invadiu a casa onde a mulher morava, agrediu o namorado dela a marteladas e uma criança, de seis anos, com golpes na cabeça. Os dois foram levados ao Hospital de Viamão para atendimento e já foram liberados.
“O agressor arrastou a vítima para fora da casa, dizendo que ia matá-la a todo momento e a manteve em cárcere por 18 horas”, explicou a delegada.
A mulher foi localizada por volta das 20h de sábado. À polícia, ela contou que foi arrastada pelo mato até o local e que foi ameaçada de morte durante todo o tempo pelo ex-companheiro.
A polícia faz buscas na região para localizar o suspeito.
Suspeito segue foragido. Polícia faz buscas na região.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.