Renda básica: deputada de SC defende manutenção do auxílio emergencial

Angela Amin
Deputada catarinense defende que projeto de renda básica inclua também ações de capacitação profissional

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A pandemia do coronavírus expôs uma nova cara da desigualdade social brasileira. Pessoas cuja renda zerou com a crise econômica e que viviam na informalidade, fora das garantias legais do mercado de trabalho e até mesmo dos programas de assistência como o Bolsa Família. Com o auxílio emergencial de R$ 600 criado para ajudar essa população durante a pandemia, voltou ao debate político e social brasileiro o tema da “renda básica”, que garantiria um valor mínimo para o sustento das pessoas no momento de crise.

Para estudar maneiras de aplicar a renda básica no Brasil pós-pandemia, foi criada na terça-feira (21) em Brasília a Frente Parlamentar Mista da Renda Básica, que une 217 deputados federais e senadores, além de várias entidades. Apoiada por 23 dos 24 partidos com representação no Congresso, a bancada terá como coordenadora da região Sul a deputada catarinense Angela Amin (PP).

Em entrevista ao DC, Angela afirmou que o governo precisa prever o orçamento para manter uma renda básica aos trabalhadores informais e pessoas que perderam a renda durante a pandemia:

– Tínhamos a ideia de que a renda mínima era o Bolsa Família, que tinha garantido a assistência aos que precisavam. Isso era propagado, mas o que apareceu a partir da pandemia é um outro lado da sociedade, cujo cidadão não era identificado. É a faxineira que tem a sua sobrevivência e perdeu o emprego, não tem conta bancária, não tem CNPJ. Esse cidadão não estava no radar, esses informais. Mesmo que esse cidadão tenha a consciência de empreender, de correr atrás depois da pandemia, vai demorar para que ele tenha uma oportunidade de renda. O auxílio já foi prorrogado, mas até que ponto apenas prorrogar vai garantir a oportunidade para esse cidadão voltar a trabalhar?

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line