Queda de muro mata homem de 59 anos durante vendaval em Ilhota

É a quarta morte confirmada no Estado por conta do fenômeno desta terça-feira (30)

Vizinhos tiveram de ir até o Corpo de Bombeiros para pedir socorro, já que a telefonia não estava funcionando.
Vizinhos tiveram de ir até o Corpo de Bombeiros para pedir socorro, já que a telefonia não estava funcionando.

(Foto: Bombeiros Voluntários de Ilhota, Divulgação)

Um homem de 59 anos morreu em Ilhota, na tarde desta terça-feira (1º), depois que um muro caiu sobre ele durante o temporal que começou por volta das 15h30min no Vale do Itajaí. Essa já é a quarta morte confirmada em função dos ventos fortes em Santa Catarina. As outras foram em Chapecó, Tijucas e Santo Amaro de Imperatriz.

A informação inicial é de que a vítima seria do Baú Baixo. Vizinhos tiveram de ir até o quartel do Corpo de Bombeiros Voluntários de Ilhota para pedir socorro, já que as linhas telefônicas — tanto fixa, de telefonia móvel e internet — estavam comprometidas. Quando os socorristas chegaram ao local, a vítima já estava em óbito e o corpo foi retirado dos escombros.

Conforme a Defesa Civil do Estado, a comunicação está precária na Região da Foz do Rio Itajaí-Açu, o que dificulta o envio e recebimento de informações referentes ao fenômeno do último dia.

Temporal provocou estragos em SC

Fortes rajadas de vento atingiram praticamente todas as regiões de Santa Catarina na tarde desta terça-feira (30), deixando um rastro de estragos e assustando moradores de várias cidades. 

O vendaval começou na região Oeste ainda pela manhã e avançou pelo Estado durante a tarde, causado pela formação de um ciclone. Três mortes foram registradas em Chapecó, Tijucas e Santo Amaro da Imperatriz. Conforme relatório da Defesa Civil, o vento chegou a atingir 120 km/h no alto do Morro da Igreja, em Urubici.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line