Quatro meses após primeiro caso confirmado de Covid-19, PB tem apenas duas cidades sem registro


Ouro Velho e São Domingos estão sem casos confirmados da doença. Teste rápido para o coronavírus

Quatro meses após a Paraíba confirmar o primeiro caso de Covid-19, no dia 18 de março, apenas duas cidades ainda permanecem sem registros da doença, até o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, nesta sexta-feira (17): Ouro Velho, no Cariri paraibano, e São Domingos, no Sertão.
Nas duas cidades, houve situação de surgir um caso confirmado, mas descartado em seguida. Em Ouro Velho, de acordo com a gerente regional de saúde, Ravena Farias, houve um caso com teste positvo, descartado, em seguida, após a contraprova ter dado negativa.
Já em São Domingo, o caso foi mais complexo. Conforme a secretária de saúde da cidade, Rita de Cássia, o homem que testou positivo, na verdade, era morador de Campina Grande, embora natural da cidade de São Domingos. No entanto, o vírus foi contraído em Campina Grande, onde todos os tratamentos foram realizados. Como o cartão do SUS dele ainda estava com registro de São Domingos, o caso foi para a conta a cidade. Após a substituição do registro no cartão do SUS, o caso foi acrescentado na estatística de Campina Grande.
Ouro Velho
De acordo com o painel da Secretaria de Estado da Saúde, a cidade de Ouro Velho recebeu 240 testes e aplicou 97, uma porcentagem de 40% testes realizados. De acordo com Ravena, além dos testes recebidos pelo Governo do Estado, o município também fez aquisição própria como medida administrativa e de segurança.
“Hoje o município não registra caso positivo de Covid-19. Em relação aos demais municípios, Ouro Velho está com muitas ações em relação aos trabalhos educativos e de consciencializações. Na região como um todo, os gestores compartilham muito as experiências e ações que surtem efeito positivo e o município de Ouro Velho se destaca por não ter nenhum registro de caso de Covid-19 no seu território”, afirma Ravena.
No entanto, Ravena explica que a consciencialização ainda é muito difícil. “A população não colabora muito e entende a flexibilização não como uma restrição e cuidado”, ressalta.
São Domingos
Em São Domingos, várias ações foram realizadas como forma de prevenção. A cidade, conforme a secretária de saúde Rita de Cássia, tem vários profissionais de outros municípios que transitam no local para trabalhar. No entanto, essas pessoas passam por procedimentos de higienização e recebem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). “Temos tratado do primeiro dia até agora como se fosse o primeiro dia”, destaca a secretária, enfatizando o cuidado com as medidas adotadas.
O comércio loca na cidade é predominado por supermercado, que continuam funcionando. No entanto, restaurante e bares continuam fechados para atendimento presencial. Além disso, o município tem usado carro de som como estratégia de comunicação para consciencialização da população.
De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde, a cidade de São Domingos também recebeu 240 testes para a Covid-19 e aplicou 44. No entanto, conforme a secretária de saúde da cidade informou que recebeu 265 testes do Estado e aplicou 116.
Entre as ações da secretaria de saúde de São Domingos, podemos citar:
Criação de um comitê municipal de crise da Covid-19, para acompanhamento das medidas de prevenção e enfrentamento do novo coronavírus, sob a coordenação da Secretária de Saúde;
Aquisição de equipamento de proteção individual e insumos de saúde para enfrentamento do coronavírus;
Aquisição e instalações de 10 lavatórios portáteis em vias públicas, para higiene das mãos da população em diversos pontos estratégicos da cidade;
Distribuição de kits de EPIs e higienização para todos os profissionais que atuam nas atividades contra a pandemia Covid-19;
Testagem de Covid-19 em profissionais de saúde;
Instalação de barreira sanitária na entrada do perímetro urbano para que todas as pessoas sejam abordadas e, assim, seja aplicado o álcool em gel e distribuído máscaras. Os veículos estão sendo higienizados e os profissionais estão devidamente equipados para o trabalho;
Visita domiciliar de profissionais da saúde e assistência social como medida de prevenção do novo coronavírus, para que as famílias “fiquem em casa” e atendam as medidas de isolamento social.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line