Quatro homens são presos por violência doméstica em Camboriú

No último fim de semana, a Polícia Militar de Camboriú atendeu quatro ocorrências por violência doméstica. As prisões foram nos bairros Cedro, Santa Regina e Monte Alegre.

Quatro homens são presos por violência doméstica em Camboriú – Foto: Reprodução Polícia Militar

Dois casos foram registrados no sábado (12) à noite. A primeira foi na rua Rio Amazonas, no Bairro Cedro. Um homem foi preso após agredir a esposa. Os vizinhos tentaram apartar e foram atacados também.

A segunda ocorrência foi na rua Roma, bairro Santa Regina, por descumprimento de medida protetiva de urgência. O ex-marido da vítima, chegou na residência alcoolizado, quebrou alguns objetos com um pedaço de pau, e agrediu a mulher.

No domingo, mais dois casos de violência doméstica. O primeiro foi na madrugada, na rua Coronel Benjamin Vieira, bairro Cedro. Os policiais encontraram a vítima com o rosto inchado e algumas lesões no braço. Ela disse que foi recebeu socos no rosto do companheiro, após uma briga do casal.

À noite, na rua Monte Cruzeiro, no bairro Monte Alegre, um homem machucou a esposa com golpes de faca, no braço dela.

Como denunciar

O chamado pela polícia pode ser feito pelo telefone 181, pelo site da delegacia virtual, ou na delegacia mais próxima.

Sinal vermelho contra a violência doméstica

A campanha “Sinal Vermelho para a Violência” foi lançada em Santa Catarina, em julho. Em farmácias e drogarias previamente cadastradas, as mulheres vítimas de violência podem denunciar as agressões ao fazer um xis com batom vermelho (ou com qualquer outro material) na palma da mão ou num pedaço de papel e mostrá-lo ao atendente, que acionará a Polícia Militar.

O primeiro caso de uma mulher que usou o “sinal vermelho” para se proteger foi registrado pela Cevid (Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar) do TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) no começo do mês de julho na cidade de Ituporanga, no Alto Vale.

Leitores On Line