Quais as cidades com mais chances de nevar em Santa Catarina?

A previsão para a queda de neve em Santa Catarina é alta e algumas cidades do Estado já estão se preparando para registrar o fenômeno e receber os turistas que procuram aproveitar o frio de forma segura.

Segundo dados da Epagri/Ciram, as cidades mais propicias a nevar são São Joaquim, Urubici, Bom Jardim da Serra, Urupema e Lages. Quando há a combinação de frio intenso com a umidade, as condições são favoráveis para a neve. A previsão é que a neve seja intensa em Santa Catarina a partir de quinta-feira (20).

Gigantesca massa de ar polar

Segundo o site MetSul Meteorologia, a massa de ar polar que está chegando ao Brasil é gigantesca e deve atingir metade do território brasileiro e grande parte da América do Sul com potencial de ser um evento histórico de frio e neve.

A massa de ar polar vai atingir o Sul, Centro-Oeste, Sudeste e parte do Norte do Brasil, além do Paraguai, Bolívia, Uruguai, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela. Assim, a influência do ar frio, mesmo que modesta, deve atravessar a linha do Equador e chegar ao Hemisfério Norte, onde é verão.

Ainda segundo o MetSul, a queda de temperatura será sentida a partir de quarta-feira (19) no Rio Grande do Sul e entre quinta e sexta nas demais regiões brasileira. A quinta, a sexta e o começo do sábado serão dias de muito frio no Sul do Brasil. Como a massa de ar será por demais gelada, é comum que chegue com vento moderado a forte que vai trazer sensação térmica com valores muito baixos, negativos em muitas localidades.

Uma baixa polar em níveis médio da atmosfera vai atuar sobre o Sul do Brasil. Isso irá fazer com que haja nebulosidade e instabilidade com ar muito gelado em altitude, o que na análise da MetSul traz uma altíssima probabilidade de ocorrência de neve no Sul do país. Todos os modelos numéricos consultados pela MetSul apontam neve entre quinta-feira e sábado. Se há certeza do frio intenso e quase convicção que pode nevar, a dúvida no momento é onde e o quanto pode nevar.

Alerta para Florianópolis

Oprefeito Gean Loureiro (MDB) da cidade de Florianópolis gravou um vídeo nesta segunda-feira (17) onde fala sobre as condições severas de tempo que devem atingir a cidade durante esta semana e informa que, junto a Defesa Civil, está preparando uma força tarefa para enfrentar as adversidades.

Gean aparece em frente a monitores da Defesa Civil e mostra que uma forte estrutura de chuva deve atingir a cidade durante a noite. A previsão é de aproximadamente 80mm nesta terça-feira (18).

Já entre quinta e sexta-feira, a temperatura deve cair muito na capital, chegando próxima do 0ºC na cidade. O prefeito pede para que as pessoas tomem cuidado com os idosos e crianças, que são mais vulneráveis à queda abrupta de temperatura.

Confira abaixo a previsão do tempo detalhada para os próximos dias

Terça-feira (18/08):

Tempo: instável com nuvens e chuva em todas as regiões, no decorrer do dia. Na tarde e noite condição de temporais localizados em SC, com chuva forte em curto intervalo de tempo, granizo e rajadas intensas de vento, sobretudo no oeste e norte do estado, e a região da Grande Florianópolis.
Temperatura: amena.
Vento: sudeste a nordeste, fraco a moderado com rajadas.
Sistema: formação de um sistema de baixa pressão entre o RS e SC.

Quarta-feira (19/08):

Tempo: céu encoberto com chuva e trovoadas em SC, devido a chegada de frente fria.
Temperatura: amena e em declínio acentuado no final do dia.
Vento: sudoeste a sul, fraco a moderado com rajadas de 50 a 70km/h.

Quinta e Sexta-feira (20 e 21/08):

Tempo: instável com predomínio de nuvens e chuva na maioria das regiões de SC.
Temperatura: em declínio acentuado com a chegada de uma intensa massa de ar frio de origem polar, frio intenso com condição de neve no Planalto Sul na noite de quinta. Essa condição estende-se para as áreas altas (acima de 700/800 m) do Oeste, Meio-Oeste e Planalto Norte na sexta-feira, com chance de acúmulo significativo especialmente no Planalto Sul.
Vento: sudoeste a sudeste, moderado com rajadas mais fortes no Litoral (50 a 70km/h).

Quais as cidades com mais chances de nevar em Santa Catarina?