PSDB oficializa candidatura de Hildon Chaves à reeleição para prefeito de Porto Velho


Nome do vice ainda não foi definido. Anuncio aconteceu durante convenção do partido realizada nesta terça-feira (15). PSDB confirmou Hildon Chaves para concorrer à reeleição para a prefeitura de Porto Velho.
Diêgo Holanda/G1
O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) oficializou nesta terça-feira (15) a candidatura de Hildon Chaves à reeleição para a prefeitura de Porto Velho. O anuncio aconteceu em convenção realizada em dois formatos: presencial e virtual. O nome do candidato a vice na chapa ainda não foi definido.
A convenção foi realizada na sede do partido, no bairro Nova Porto Velho, e definiu os nomes dos 31 candidatos que buscarão uma vaga de vereador pela legenda.
“Em primeiro lugar, as prováveis dificuldades que o país vai enfrentar a partir do ano que vem, por conta da pandemia do coronavírus, desaquecimento da economia, provável redução de repasses federais. Em uma situação dessa, aliada a algumas obras que ainda não conseguimos tirar do papel, são poucas, mas existem algumas obras nesse sentido. Em razão disso, nós não poderíamos nos acovardar e abandonar a população. Por isso estamos colocando o nome à disposição mais uma vez”, disse o indicado sobre os motivos de disputar a reeleição.
Perfil
Hildon de Lima Chaves, de 52 anos, é natural do Recife. Concluiu o curso de direito em 1992, no Paraná, e foi aprovado no concurso de promotor do Ministério Público de Rondônia (MP-RO). Em 2013, deixou a carreira no MP para se dedicar às empresas do ramo educacional da família. Em 2016, foi candidato a prefeito de Porto Velho e venceu no segundo turno.
Confira o cronograma eleitoral
a partir de 11 de agosto: emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário;
31 de agosto a 16 de setembro: convenções partidárias para definição de coligações e escolha dos candidatos. Podem ser realizadas por meio virtual;
31 de agosto a 26 de setembro: período para o registro de candidaturas. Início do prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e emissoras de rádio e TV para elaboração do plano de mídia;
27 de setembro: Início da Propaganda Eleitoral, inclusive na internet;
15 de novembro: 1º turno das eleições;
29 de novembro: 2º turno das eleições;
15 de dezembro: Último dia para entrega das prestações de contas;
18 de dezembro: Prazo final para diplomação dos eleitos.
Leitores On Line