Projetos apoiados pelo Sicredi vão concorrer a premiação internacional

Os projetos apoiados pelo Sicredi foram criados por colaboradores e associados / Divulgação / AJ

Por mais um ano, associados e colaboradores do Sicredi vão representar a instituição financeira cooperativa no World Council Young Credit Union People (WYCUP), um programa mundial que estimula a formação de jovens lideranças e premia participantes que desenvolveram projetos com potencial de causar influência global no segmento de Cooperativismo de Crédito.

Historicamente, o WYCUP Fórum sempre integrou a programação da Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito (Woccu, na sigla em inglês), mas como a Conferência deste ano aconteceria nos Estados Unidos e foi cancelada por causa da pandemia de covid-19, o evento será virtual, entre os dias 22 e 24 de julho.

Este ano, o Sicredi vai concorrer com sete cases. As iniciativas são lideradas por quatro colaboradores e três associados em municípios do Acre, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Tocantins e uma delas no Haiti, país do Caribe. Os projetos têm foco em temas como participação dos jovens no Cooperativismo de Crédito, no relacionamento das cooperativas com a comunidade local com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social, educação financeira, agricultura familiar e empoderamento feminino, entre outros.

Um dos representantes do Sicredi nesta edição, o engenheiro agrônomo Vinícius Mattia, 26 anos, associado a Cooperativa Vale do Piquiri ABCD/PR/SP, vai concorrer com um projeto focado em agricultura familiar. “O WYCUP é uma iniciativa que ajuda jovens do mundo inteiro a entenderem a importância da nossa participação no Cooperativismo de Crédito e a relevância desse segmento não somente para o nosso crescimento pessoal, mas também do ponto de vista do coletivo, para o desenvolvimento das regiões onde vivemos.

Nesse sentido, o apoio do Sicredi também motiva colaboradores e associados, como eu, e desperta o interesse de outros jovens a fazerem o mesmo, a pensarem em ações que sejam cooperativas”, explica.

Já Hiana Batista Leal, 29 anos, colaboradora da Central Sicredi Centro Norte, destaca que a satisfação com a oportunidade de utilizar seu conhecimento em um projeto que transforma a vida de muitas pessoas na comunidade. “Poder participar do WYCUP tem sido uma grande experiência. Ansiosa pela cerimônia, mas independentemente do resultado, o mais importante é o legado que os projetos deixam nas comunidades e a transformação que eles causam”, declara.

Na edição de 2019 do evento, o Sicredi participou com 11 cases, sendo dois deles premiados. Um deles foi o projeto “Mulheres que Cooperam”, que reuniu um grupo de mulheres em Guarantã do Norte (MT) para contribuir com o desenvolvimento local e para estimular a participação da figura feminina nos negócios da cidade.

A outra iniciativa é o “Programa Líder Jovem”, criado para atender a região do Alto Uruguai (RS), incentivando o espírito de liderança nos jovens. O projeto já formou mais de 400 jovens na região. Esses cases foram construídos, respectivamente, pelas colaboradoras do Sicredi Carla Borré e Micheli Thiesen, que realizarão uma apresentação para os participantes deste ano no dia 23.

“A participação no WYCUP é uma agenda muito relevante para o Sicredi. Nós acreditamos que o Cooperativismo de Crédito, que tem muito a contribuir com o desenvolvimento econômico e social do Brasil, a exemplo do impacto positivo de todos os projetos que já apresentamos nas últimas edições do WYCUP, pode ganhar muito mais força com a participação dos jovens.

A presença de jovens em nosso segmento é fundamental para que ele tenha perenidade, além de trazer grandes acréscimos em termos de ideias e inovações. Programas como o WYCUPS são fundamentais para incentivar esse público, agregando ainda os benefícios do intercâmbio entre os participantes de diferentes partes do mundo”, comenta Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente da SicrediPar, da Central Sicredi PR/SP/RJ e conselheiro do Woccu.

Gisele Gomes, associada do Sicredi, membra do Steering Committee do WYCUP e Embaixadora da Global Women Leadership Network, vai fazer parte da apresentação com os temas “Institucionalização da Inclusão, Legado de ex-Alunos e Engajar, Inspirar e Conectar” no dia 22. No último dia do evento, 24, Manfred Dasenbrock integrará o painel “Empoderamento de Jovens para o Mundo”, abordando o trabalho do Sicredi com esse público, que tem gerado consecutivas premiações no WYCUP.

Essa temática também contará com a apresentação do gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo da Central Sicredi PR/SP/RJ, André Assis, com a palestra “Sicredi: Desenvolvendo Profissionais e Comunidades através de Comitês de Jovens”.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.