Projeto de Curitibanos é contemplado pelo Criança Esperança

Mais de 300 crianças e adolescentes serão beneficiadas com o apoio do Criança Esperança
Mais de 300 crianças e adolescentes serão beneficiadas com o apoio do Criança Esperança (Foto: Herdeiros do Futuro / arquivo)

A Associação Herdeiros do Futuro, que há 19 anos atua nas comunidades mais vulneráveis de Curitibanos, no meio oeste do estado, é um dos 111 que foram selecionados pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – em todas as regiões do Brasil. Agora com a ajuda do Criança Esperança, vai ser possível ampliar as ações que já eram desenvolvidas. Graças aos voluntários do projeto Herdeiros da Terra, crianças e adolescentes conseguem ter acesso gratuito a aulas de artesanato, música, inglês, meio ambiente, gastronomia e esporte. Em quase duas décadas mais de 15 mil crianças e adolescentes já foram beneficiados.

Ponte Hercílio Luz foi palco de projeto especial de música eletrônica

“Com o propósito de melhorar a qualidade de vida, os índices de desenvolvimento humano e social e ofertar educação integral e inclusiva no município,” explica a fundadora da Associação Herdeiros do Futuro, Giovana Aparecida Kruker.

O psicólogo social e voluntário, Greison Rocha, conta que essa tem sido um forma de transformar a vida não só das crianças e adolescentes que participam das ações, mas também das famílias.

“As famílias também acabam participando. Então, nós utilizamos um método de identificar as potencialidades da comunidade e poder transformá-las em ações,” afirma.

Crianças e Adolescentes aprendem a fazer pipa com ajuda de voluntários
Crianças e Adolescentes aprendem a fazer pipa com ajuda de voluntários

(Foto: Herdeiros do Futuro / arquivo)

A entidade conta com mais de 60 voluntários que doam trabalho para ajudar crianças a adolescentes. Desde que foi criado, em 2001, o projeto não tinha uma sede própria e neste ano ganhou um espaço novo, no bairro São Francisco, em Curitibanos. O local foi construído com recursos oriundos de editais. O Herdeiros do Futuro sobrevive de doações, e a ajuda do Criança Esperança chega em boa hora.

“O apoio do Criança Esperança vem trazer mais estabilidade para as nossas ações. A nossa instituição a cada ano ela precisa se reinventar, se fortalecer no sentido de captação de recursos, de manutenção das atividades,” comenta o psicólogo e voluntário.

Por conta da pandemia, as atividades presenciais tiveram que dar uma pausa. Mas, neste período o trabalho dos voluntários não parou, até agora quase 200 cestas básicas, kits de higiene e materiais de reforço escolar foram entregues para famílias carentes de Curitibanos. Segundo o coordenador de projetos, Gregory Kruker, tudo é doado pela comunidade, empresas e apoiadores locais.

Nesse ano, o Criança Esperança está diferente. Em vez das doações em dinheiro – agora feitas por empresas – o público é convidado a doar esperança. São vídeos curtos, enviados ao site da campanha, com mensagens que valorizam a empatia e a solidariedade.

Nesta segunda-feira (28) acontece o Grande Show da Esperança. Ele será comandado, dos Estúdios Globo, por nomes com Fátima Bernardes, Luis Roberto, Tiago Leifert, Jessica Ellen, Luciano Huck e Maju Coutinho, com a participação especial de Pedro Bial, Serginho Groisman e Ana Maria Braga. O show será ao vivo, depois da Novela A Força do Querer.