Projeção do Centro Nacional de Furacões dos EUA para o furacão Teddy

Projeção do Centro Nacional de Furacões dos EUA para o furacão Teddy

Projeção do Centro Nacional de Furacões dos EUA para o furacão Teddy

Foto: Divulgação/ Centro Nacional de Furacões dos EUA

O furacão Teddy ganhou força e se transformou em um fenômeno de categoria 2 – com ventos entre 154 km/h e 177 km/h –, com possibilidade de chegar até a categoria 4, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, em inglês).

Teddy é o oitavo furacão da temporada 2020 no Atlântico, após o Sally – que evoluiu para furacão na segunda-feira – e que tocou solo dos EUA nesta quarta-feira (16), de acordo com o NHC.

O furacão estava localizado a cerca de 1.315 km a leste das Pequenas Antilhas, com ventos máximos 155 km/h, disse o NHC em seu último boletim, nesta quarta-feira (16).

Ainda de acordo com o NHC, os ventos com força de furacão se estendem a até 35 quilômetros a partir do centro do furacão, enquanto que os ventos com força de tempestade tropical se estendem por até 280 quilômetros.

“Espera-se que grandes ondas geradas pelo Teddy alcancem as Pequenas Antilhas e a costa nordeste da América do Sul hoje [quarta-feira] e deve se espalhar para o oeste para as Grandes Antilhas, Bahamas e Bermuda na sexta-feira”, informou a agência norte-americana.

(Com informações da Reuters)

 

Leitores On Line