Produtores paulistas colhem safrinha da uva


Colheita em Porto Feliz (SP) deve ser menor este ano. Produtores paulistas colhem safrinha da uva

A safrinha da uva em Porto Feliz, região de Sorocaba (SP), é possível graças a uma poda diferenciada. Ela garante uma renda importante nas pequenas propriedades no meio do ano.
Desta vez, os agricultores estão tendo que colher adotando as medidas de segurança por causa da pandemia. O álcool está disponível no trator. Uma solução com cloro é usada para desinfetar o local onde serão colocadas as uvas e até a tesoura é limpa com cuidado. Máscara também não pode faltar.
A família de Antônio Melaré está colhendo a uva Niágara de cinco mil pés. A produção deve ser 40% menor que no ano passado.
Com as incertezas geradas pela pandemia, os produtores optaram por investir menos na safrinha deste ano.
(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 12/07/2020)
Produtores paulistas colhem safrinha da uva
Se por um lado a produção reduziu, o lucro deve subir. É que o preço do quilo da fruta aumentou bem. Marcelo Melaré diz que, ano passado, o preço ficou entre R$ 3,50 e R$ 4 e que agora vem alcançando até R$ 6,50.
As uvas vão para Belo Horizonte (MG), Rio de janeiro, São Paulo e Sorocaba. As plantas ficam cobertas por uma tela branca para proteger a fruta de pássaros e morcegos.
Na plantação de Jeferson Castilho, a safra também será menor que no ano passado, resultado do impacto da pandemia e do clima. Ele conta que faltou água e que o calor em excesso atrapalhou o desenvolvimento da uva.
Cerca de 100 produtores se dedicam ao plantio de uva em Porto Feliz. A metade deve colher em julho. A produção total prevista da safrinha é de cerca de 800 toneladas.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line