Produção de petróleo do Brasil cai 6,5% em maio ante abril com impacto de pandemia

Na comparação com maio do ano passado, porém, houve alta de 1,3%. A produção de petróleo do Brasil em maio somou 2,765 milhões de barris por dia, com alta de 1,3% na comparação anual, mas recuo de 6,5% frente a abril devido a impactos da pandemia de coronavírus sobre o setor, disse a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta quinta-feira (2).
A produção de gás natural teve recuo tanto em base mensal quanto anual, de 7,8% e 3%, respectivamente, e atingiu 114 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d).
A ANP disse que 34 campos de petróleo e gás tiveram operações interrompidas temporariamente durante o mês de maio devido a efeitos da Covid-19, sendo 16 marítimos e 18 terrestres.
“Um total de 60 instalações marítimas permaneceram com produção interrompida durante o mês de maio, devido aos efeitos da pandemia”, acrescentou a agência, em boletim de produção.
Arrecadação com royalties do petróleo tomba 30,8% em maio e pode cair mais de R$ 12 bilhões em 2020

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line