Preso bando que matou rapaz com golpes de facão no Matadouro

A DIC de Itajaí desvendou o assassinato de B.E.M.G., 23 anos, morto no início de junho, depois de receber vários golpes de faca e facão no bairro Matadouro, em Itajaí. Os acusados ainda tentaram matar P.B.N., 25. Nesta terça-feira, quatro suspeitos foram presos. Alessandro Ferreira Diniz, 18 anos, ainda está foragido.
As vítimas estavam na rua Pedro José João, quando foram rendidas pelo bando. Eles levaram vários golpes de faca e facão, sem chance para se defender. B. morreu no local. P. só não foi assassinado porque conseguiu fugir dos agressores.
A DIC apurou que o crime era uma rixa entre facções rivais. Três jovens, de 22 anos e dois de 18 anos, e dois adolescentes de 17 anos, participaram do crime. O delegado Rafael Lorencetti pediu e a justiça autorizou à prisão.
O quarteto foi preso e o único que conseguiu escapar foi Alessandro. Eles tinham passagens por tráfico, furto, roubo, porte de arma, lesão corporal e dano.
Os quatro presos foram interrogados, mas negaram o assassinato. Os menores foram encaminhados ao Casep e responderão um ato infracional por assassinato e tentativa de morte.
Os maiores estão no complexo Penitenciário da Canhanduba e deverão responder por homicídio qualificado e tentativa de morte.
Quem tiver informações sobre o paradeiro de Alessandro pode acionar a PM no 190 ou o disque-denúncia da polícia Civil no 181.

Leitores On Line