Prefeitura e pescadores debatem sobre carteira e curso profissional

A sede da Capitania dos Portos sediou na segunda (10) uma reunião entre representantes da Superintendência da Pesca da Prefeitura da Capital e pescadores dos bairros João Paulo e Sambaqui. O encontro serviu para se debater sobre a a carteira profissional de pescador e o curso de pescador profissional para ano de 2021.

O objetivo foi habilitar os pescadores com competências exigidas para inscrição de Aquaviário na categoria de Pescador Profissional (POP), no nível de habilitação 1, para o exercício da função. O documento é exigido pela Marinha a todos os pescadores que trabalham embarcados.

O curso de pescador profissional é um desejo tanto da Prefeitura, quanto dos pescadores. Nele, os pescadores receberão orientações sobre normas de trabalho, navegação e também primeiros socorros.

– Saímos desta reunião crentes que as solicitações serão analisadas pela Capitania, levando em consideração a necessidade de adequação neste presente momento de pandemia -, explica Valdori Baga, Gerente de Pesca e Maricultura de Florianópolis.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line