Prefeitura de Florianópolis testa 12 mil cidadãos que atuam no setores público e produtivo do município  

Dos 1.736 testes feitos em colaboradores da área de saúde municipal, oito foram positivos para Covid-19

Cristiano Andujar/PMF
(Foto: Cristiano Andujar/PMF)

A Prefeitura Municipal de Florianópolis está realizando testes para Covid-19 em cerca de 12 mil cidadãos que atuam nos setores público e produtivo do município. No dia 10 de julho, iniciou-se a testagem dos colaboradores que atuam no setor público, que se manteve até a última sexta-feira (17).

O Secretário de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Florianópolis Juliano Richter Pires explica que, como o número de testes é limitado, priorizou-se os serviços essenciais da Prefeitura como Saúde, Comcap, Segurança Pública e Assistência Social.

— A iniciativa surgiu da necessidade de prover mais segurança aos colaboradores que estão atuando na linha de frente dos serviços essenciais da prefeitura — afirma.

Os testes aplicados são do tipo RT PCR, que identifica o material genético da Covid-19. Segundo Filipe Perini, médico infectologista e membro do Gabinete de Gestão de Crise da Prefeitura Municipal de Florianópolis, o resultado que identificou 8 pessoas positivas para Covid-19, entre os 1.736 testes feitos nos que atuam na saúde municipal, foi satisfatório.

— Isso mostra que o uso correto dos equipamentos de proteção individual pelos profissionais e a política paralela que a gente tem de afastamento nos primeiros sintomas para evitar surtos está acontecendo de forma adequada — explica o médico.

A partir desta segunda-feira (20), começa a testagem para Coronavírus em 6.576 mil trabalhadores do setor produtivo. A testagem, que será feita em profissionais de educação física das academias e do comércio, acontecerá no Mercado Público da Capital e seguirá um cronograma semanal, que vai até o dia primeiro de agosto. Todos os trabalhadores que testarem positivo serão afastados do trabalho.

Prefeitura de Florianópolis testa cerca de 12 mil cidadãos que atuam no setores público e produtivo do município
(Foto: Cristiano Andujar/PMF)

Testes foram doados pelo Movimento Floripa Sustentável

O fornecimento foi feito pela empresa de biotecnologia Neoprospecta e sua spin-off BiomeHub, a partir de doações feitas pelo Movimento Floripa Sustentável, por meio do Fundo Empresarial para Reação Articulada de Santa Catarina Contra o Coronavírus (Fera-SC), e pela Vale S/A.

A coordenadora do Movimento Floripa Sustentável, Zena Becker, destaca que o objetivo da doação dos testes é garantir atendimento precoce e adequado para os profissionais que estão mais expostos à doença.

— No momento que você afasta as pessoas que são testadas como positivo, você deixa de contaminar as outras e já pode garantir um tratamento adequado — ressalta Zena.

A coordenadora do Floripa Sustentável também explica que é importante que a testagem também seja feita entre as pessoas que atuam no setor produtivo para garantir a continuidade dos trabalhos durante a pandemia.

— O Floripa Sustentável entende que é muito importante a saúde das pessoas, mas que é importante também a saúde das empresas. A economia precisa andar junto porque não adianta uma pessoa saudável dentro de casa sem emprego, pois ela também vai ficar doente. Então, a nossa ideia é trabalhar os dois lados — afirma.

Floripa tem a segunda menor mortalidade por Covid-19 entre as cidades mais populosas do país

O secretário Juliano assegura que a ação visa trazer mais segurança aos servidores públicos e empreendedores.

— Quanto mais testes realizamos mais conseguimos identificar os casos com antecedência e assim impedimos a contaminação de outras pessoas. Além disso, conseguimos acompanhar e tratar precocemente estes cidadãos — finaliza.

Com Agências