Prefeito de Itajaí quer tratar coronavírus com aplicação anal de ozônio

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (MDB), anunciou uma novidade no tratamento contra o coronavírus (covid-19). A cidade vai oferecer aplicação de ozônio pelo ânus. O tratamento inusitado, que não possui comprovação de eficácia científica, seria destinado apenas para quem já testou positivo para a doença no município. Lá, também a prefeitura distribuiu Ivermectina para a população.

O anúncio foi feito em uma live em uma rede social na noite desta segunda-feira (3). Morastoni é médico e afirmou que a cidade vai participar de uma pesquisa sobre o uso do ozônio.

“Provavelmente vai ser uma aplicação via retal, uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima, de dois minutos, num cateter fininho e isso dá um resultado excelente”, afirmou Morastoni na live.

Mesmo assim, não há comprovação científica de que a substância vá funcionar contra o coronavírus. A cidade já havia oferecido aos moradores, semanas atrás, remédios como Invermectina, Azitromicina e Cânfora no tratamento da doença.

O coronavírus ainda não tem remédio. A cura da doença se dá após o ciclo dela no organismo e que pode durar 14 dias. Entre os sintomas está tosse seca, febre e cansaço.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line