Prazo de inscrição ao 5º Concafé é prorrogado até 21 de agosto em Rondônia


Alteração no prazo foi feita a pedido dos cafeicultores. Premiação, marcada para 9 de outubro, pode ocorrer em plataformas online devido à pandemia do novo coronavírus. 5ª edição do Concafé tem inscrições prorrogadas até 21 de agosto em Rondônia.

As inscrições da 5° edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé) foram prorrogadas para o dia 21 de agosto. A alteração no prazo foi feita a pedido dos cafeicultores. O evento é o maior concurso de café robusta do Brasil.
Ao G1, o coordenador do Concafé, Janderson Dalazen, explicou que a data limite foi estendida por pedido dos cafeicultores que precisavam de mais tempo para poderem processar o café com nova técnica de fermentação.
“Os cafés mais tardios, que estão sendo colhidos agora no final da safra, precisariam ainda serem submetidos ao processo de fermentação, ficar ali em torno de 15 a 20 dias, e depois, a secagem desse café ainda demora mais uns 10 dias. Com isso, eles avaliaram que o prazo seria muito apertado, então nós decidimos prorrogar por mais 14 dias, até o dia 21 de agosto. Nós decidimos divulgar isso logo, para que eles já soubessem dessa dilatação de prazo”, disse.
As inscrições podem ser feitas online seguindo o regulamento para preenchimento da ficha de inscrição disponível no site da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri), de 27 de abril a 21 de agosto.
Segundo a organização, além da ficha, os participantes devem encaminhar uma amostra de três quilos de café para avaliação e preencher um questionário sobre as práticas sustentáveis utilizadas na propriedade.
O cadastro também pode ser feito em todos os escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em todos os municípios de Rondônia. A participação no concurso é gratuita e podem ser efetuadas por cafeicultores maiores de 18 anos, que produziram lotes de café robusta (Coffea canephora) no estado, na safra de 2020.
Os prêmios distribuídos pela 5° Concafé totalizam R$ 289 mil, concorridos nas categorias “qualidade de bebida” e “sustentabilidade”. Conforme a estimativa feita pela organização do evento, a edição deste ano pode reunir até 400 produtores de café robusta do estado.
Ainda conforme o coordenador do concurso, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a programação do Concafé não irá sofrer alteração. Porém, a premiação, marcada para 9 de outubro, pode ocorrer em plataformas online.
“O mais importante é que a premiação está garantida, e os produtores que mandarem suas amostras pra gente avaliar estarão concorrendo aos prêmios. O que a gente pode ter que ajustar é o estilo de fazer o anúncio do vencedor. Nos outros anos a gente fazia um evento reunindo todas as pessoas do estado todo para anunciar isso. Nesta edição, a gente vai ter que procurar uma estratégia alternativa. Estamos avaliando e provavelmente vai ser online, mas que seguramente os produtores vão receber seus prêmios”, contou Janderson Dalazen.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line