Porto de Imbituba embarcou em agosto 44 mil toneladas de arroz e, após consulta a caminhoneiros, SCPAR realiza melhorias nas balanças

O Porto de Imbituba, via terminal de contêineres operado pela Santos Brasil em Santa Catarina, embarcou no mês de agosto aproximadamente 44 mil toneladas de arroz. Todo esse volume foi acondicionado em 1.720 contêineres, que foram carregados a bordo dos navios utilizados na cabotagem e que escalam semanalmente o terminal, conectando-o aos demais portos do país.
Pelo Tecon Imbituba passam cerca de 40% de todo arroz produzido no Estado de Santa Catarina. O terminal está estrategicamente localizado na ‘interlândia’ de uma das principais zonas produtoras do grão no país e torna-se assim uma alternativa competitiva para o escoamento do produto.
O Brasil é o maior produtor e consumidor de arroz fora da Ásia e a região Sul concentra a maior parte da produção do grão, que gira em torno de 11 milhões de toneladas/ano. O arroz é a base da alimentação do brasileiro junto com o feijão e o seu consumo per capta no país é de 34 quilos por ano, segundo os dados da Euromonitor.
Para Danilo Ramos, Diretor Comercial de Operações Portuárias da companhia, a combinação de um serviço regular de transporte marítimo de primeira linha dedicado à cabotagem e a eficiência assegurada na operação portuária entregue pela Santos Brasil promoveram esse crescimento sempre contínuo e sustentável nos últimos anos e, ainda, permitiram consolidar definitivamente o Tecon Imbituba como a melhor opção logística para escoamento do produto na região Sul do país.

SCPAR realiza melhorias nas balanças depois de consultar caminhoneiros e balanceiros
No dia 24 de agosto, a administração do Porto de Imbituba concluiu uma série de melhorias na infraestrutura de todas balanças rodoviárias e respectivas edificações de apoio. As adequações foram identificadas por meio de entrevistas com caminhoneiros e balanceiros, realizadas no período noturno, entre os dias 27 e 30 de abril.
Após compreender as necessidades destes usuários, a equipe técnica da Autoridade Portuária efetuou reforço na pavimentação de acesso às balanças 1 e 2; reparo e pintura da estrutura lateral das rampas; instalação de placas orientativas; pintura de faixas de pedestres; instalação de sensor de presença noturno na balança 3, para acionamento de iluminação direcional, facilitando a leitura automática das placas dos caminhões; além da fixação de mapas das vias para os balanceiros.
As inspeções na área portuária são realizadas com frequência pelos setores de obras, operações e SSMA, com o objetivo de acompanhar as demandas e a experiência dos usuários do porto, e a fim de continuar proporcionando condições adequadas de trabalho e operação.