Polícia prende carregador de bagagens da Rodoviária de BH por chamar segurança do terminal de ‘macaco’


O homem responsável pelos insultos estava sem máscara de proteção. Discussão foi no fim da tarde desta quarta-feira (30). Crime ocorreu nas dependências do terminal rodoviário da capital
Cristina Moreno de Castro/G1
Um segurança que trabalha no Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro – a Rodoviária de Belo Horizonte, procurou a PM para registrar um boletim de ocorrência por ameaça e injúria racial. O homem de 46 anos informou aos policiais que foi chamado de “macaco” e negão folgado”.
O responsável pelos xingamentos tem 44 anos e informou que trabalha como carregador de bagagens no terminal.
De acordo com a vítima, o homem não estava usando máscara no rosto e, ao ser informado que não poderia entrar no local sem proteção, começou a fazer ameaças, além de ofender o segurança. Desde o dia 22 de abril, por causa de um decreto da Prefeitura de Belo Horizonte, o uso de máscara é obrigatório em todos os espaços públicos da cidade.
Por causa das ameaças e do crime de injúria racial, o homem foi preso em flagrante e encaminhado a Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Bairro Floresta, Região Leste da cidade.
Por volta de 1h40, o G1 procurou a administração do Terminal Rodoviário para saber quais providências foram tomadas com relação ao caso. A reportagem aguarda retorno com o posicionamento.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line