PM quer punição por comentários em redes sociais relacionados à capotamento de carro da corporação


Três policiais que estavam no carro tiveram ferimentos leves depois de acidente, em Curitiba, na quarta-feira (9). Motoristas registraram o momento em que a viatura capotou na avenida
Arquivo pessoal
A Polícia Militar (PM) quer punição por comentários feitos em redes sociais relacionados ao capotamento de um carro da corporação, em Curitiba.
O acidente aconteceu na quarta-feira (9) e três policiais, que estavam no veículo, tiveram ferimentos leves. Memes, considerados ofensivos pela PM e com imagem do capotamento, geraram indignação na corporação.
Veja no vídeo abaixo imagens do acidente.
Carro da PM capota, em Curitiba
“Eu como oficial de Polícia Militar me senti desmoralizado. Comandava aquela operação, mas eu não falo por mim, eu estou falando pela instituição. Os nossos policiais militares que se sentem desmoralizados, ofendidos, humilhados perante as suas famílias, amigos e demais pessoas da sociedade estão sendo orientados, sim, a entrar individualmente contra essas pessoas por danos morais ou qualquer tipo de medida que o poder judiciário ache pertinente, afirmou o coronel da PM, Hudson Teixeira.
O coronel Hudson Teixeira ressaltou que as pessoas têm que entender que elas respondem pelo o que escrevem, quando é público. Ele ainda disse que o mesmo acontece com a PM.
A PM quer que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) entre na Justiça contra pessoas que fizeram publicações nas redes sociais xingando os policiais envolvidos no acidente. Dois autores das postagens foram identificados.
Carro da PM capotou, na quarta-feira (9), em Curitiba
Cinegrafista Júnior Guimarães
Os PMs que se acidentaram estão bem e já voltaram ao trabalho. Já o carro continua fora de serviço.
Segundo a PM, um inquérito técnico foi aberto para apurar o que causou o acidente. O veículo capotou ao passar por uma rotatória na Rua Konrad Adenauer, no bairro Tarumã.
O capotamento aconteceu, de acordo com a PM, enquanto a equipe saía para uma operação de rotina.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Leitores On Line