Plano 15: Veja o que saiu ou não do papel, começando pelo eixo de infraestrutura

Você lembra das promessas de campanha do Prefeito de Joinville Udo Döhler? Nesta matéria checamos o Plano 15 para constatar o que foi de fato entregue à população, o que não foi concluído e em que estágio estão algumas das principais ações, para traçar um panorama e saber: quais projetos serão recebidos pelo futuro administrador da cidade, que terá como missão dar continuidade a obras, por exemplo? 

Ponte do Adhemar Garcia

Para começar, vamos elencar as principais ações previstas no eixo de Infraestrutura do Plano 15, começando por uma das principais bandeiras da campanha: a ponte entre os bairros Adhemar Garcia e Boa Vista. Em nota, a atual administração informa que “a Prefeitura de Joinville aguarda o licenciamento ambiental para iniciar o processo licitatório internacional. A análise técnica do licenciamento está sendo realizada pelo Instituto do Meio Ambiente”.
E outras duas pontes, uma entre ruas Plácido Olímpio e Aubé, e outra entre a Nacar e Anêmonas, também estão em fase de análise ambiental.

Obra inacabada do Rio Mathias

Além dessas obras, que prometiam desafogar o trânsito, resolvendo alguns gargalos, o plano previa também as ações para minimizar os impactos de enchentes e alagamentos, como a tão criticada “Obra do Rio Mathias”, que não foi totalmente executada. Impasses na Justiça motivaram a paralisação parcial das obras de macrodrenagem do rio Mathias, na área central, e após a rescisão de contrato com a empresa que executava a obra, a Prefeitura retirou o maquinário no início de agosto. A obra tem sido muito criticada pelos transtornos e prejuízos, sobretudo a comerciantes.

Pavimentação

Outra bandeira do plano de governo era asfaltamento, por meio do Programa de Recuperação da Malha Viária, que previa a reabilitação asfáltica dos principais eixos viários da cidade. Além disso, plano previa ainda um Programa de Pavimentação Comunitária, através de parcerias com moradores para obras que resultem na valorização imobiliária e urbana. Com relação a essas ações, a administração municipal informou em nota que o Programa de Pavimentação Comunitária está em andamento em todas as regiões. “Prefeitura executa a base e moradores fazem o contrato com a empreiteira”. Além disso, ressalta os pacotes de revitalização em andamento através do convênio com o Banco do Brasil, e informa que desde 2017 até agora foram beneficiados cerca de 180 mil metros de ruas com novos pavimentações (seja com asfalto e lajotas).

Substituição de pontes de madeira

Também integra o Plano 15 o Programa de Substituição de Pontes de Madeira por estruturas de concreto. Quanto a esse quesito, a Prefeitura informa, por meio de sua assessoria de comunicação, “que foram feitas colocação de galerias, manutenção de ponte de madeira, novas pontes e colocação de kit transposição em parceria com a Defesa Civil do Estado”.

Aterro Sanitário

A ampliação do Aterro Sanitário Municipal e um projeto de aproveitamento do biogás gerado no aterro sanitário também são ações previstas no Plano 15 que ainda não foram concluídas. A administração pública informa que o projeto está em “momento em avaliação”.

Leitores On Line