Perícia aponta falhas na execução de obra de barracão que desabou em Arapongas


Acidente provocou a morte de um trabalhador e deixou outros dois feridos, em julho deste ano. Laudo do Instituto de Criminalística detalhou que as estruturas que deveriam sustentar as telhas, estavam mal posicionadas e sem parafusos. Perícia aponta falhas na obra de barracão que desabou
O Instituto de Criminalística concluiu a análise feita em um barracão em construção que desabou em Arapongas, no norte do Paraná, em julho. Para a perícia, houve falhas na execução da obra. O acidente deixou uma pessoa morta e duas feridas.
O documento traz fotos mostrando como ficou o barracão após o desabamento. Uma parte da cobertura foi parar no chão.
A estrutura ficava em uma granja e cedeu no dia 12 de julho, um domingo, quando operários trabalhavam na cobertura, que ficava a uma altura entre 5 e 7 metros e meio.
Felipe Augusto da Silva, de 22 anos, um dos trabalhadores morreu na queda.
O Instituto de Criminalística apontou que todos os pilares já estavam instalados e outras partes da estrutura posicionadas e fixadas. No entanto, as estruturas que deveriam sustentar as telhas, estavam mal posicionadas e sem parafusos.
Segundo o laudo, essa foi uma estratégia, possivelmente usada, para acelerar a execução da obra, mas que a qualquer movimentação da estrutura da cobertura resultaria no desabamento parcial de alguns componentes. Para o Instituto de Criminalística foi isso que aconteceu.
O laudo indica ausência de supervisão técnica adequada e equipamentos de proteção individual, aponta que o desabamento ocorreu por erro de execução e inobservância de normas mínimas de segurança, principalmente para o trabalho em altura.
O documento foi entregue à Polícia Civil que apura o crime de homicídio culposo por negligência, imprudência ou imperícia – situações em que o responsável não adotou os cuidados necessários para evitar a tragédia.
O G1 não conseguiu contato com a granja onde fica localizado o barracão.
Estrutura desabou em julho, em Arapongas
Reprodução/RPC
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line