Paciente do Hospital São José supera luta contra um câncer raro

E tudo deu certo. Quase dois anos depois, Paulo venceu o sarcoma de Ewing. / AJ

Paciente do Hospital São José supera luta contra um câncer raro

Paulo Voss, que irá completar 37 anos em 6 de outubro, considera que ganhou uma nova data de nascimento: 27 de abril de 2020. Neste dia, ele encerrou o tratamento contra o sarcoma de Ewing. Trata-se de um tipo raro de câncer, mais comum em crianças e adolescentes, que se desenvolve a partir de certos tecidos, como osso ou músculo.

Quando iniciou o tratamento, no Hospital Municipal São José, em novembro de 2018, ele se tornou um dos 200 pacientes atendidos na área de oncologia, diariamente, onde atuam 93 servidores. Na época, fez uma postagem nas redes sociais, dizendo esperar entender o processo.

“Então vamos lá! Iniciando a primeira quimio, de um total de 18 sessões. Essa jornada será um pouco longa, mas lá no final tudo vai dar certo. Acredito que tudo tem um porquê, que, às vezes, a gente não entende de início, mas ao longo da caminhada tudo vai fazendo sentido,” escreveu.

E tudo deu certo. Quase dois anos depois, Paulo venceu o sarcoma de Ewing. Chegou a perder os cabelos. por conta da quimioterapia, mas não a esperança. O aprendizado, segundo ele, foi grande. “Com o diagnóstico, precisei ser um pouco mais paciente. Nem sempre as coisas são como a gente planeja, pois a vida vem e dá uma chacoalhada”. A aceitação fundamental, sem ficar se perguntando “por que eu?”. E desenvolveu mais o aspecto da empatia. “A gente passa a olhar o outro refletindo que cada um tem um problema a resolver”.

Na travessia, teve o amparo de familiares e amigos. “Este apoio da minha esposa, mãe, avós, padrinhos e alguns bons amigos foram cruciais”. Buscou informações de como poderia se curar. Diz que fé foi fortalecida. “Sempre acreditei muito que iria superar, e procurei seguir à risca o que o médico recomendou”.

Para ele, planos a longo prazo continuam sendo importantes, mas o sabor de cada dia se tornou mais apreciado. “As coisas acontecem no hoje, não no futuro”, comenta. Mesmo com as dores durante o tratamento, cansaço e desconfortos físicos, decidiu continuar trabalhando para se manter motivado e longe de pensar em coisas negativas. Inclusive, antecipou a realização de um curso de corretor de imóveis, que iria fazer mais tarde, passando a atuar na área. Agora, plenamente recuperado, voltará ao segmento de vendas.

A comemoração junto com a equipe de Oncologia do Hospital São José ficou para um outro momento, por conta da pandemia do novo coronavírus. “As pessoas da oncologia são uns amores. Tratam super-bem e fazem de tudo para nos deixar mais confortáveis. Enfim, prestam um atendimento excelente. Só tenho elogios,” agradece.

O setor de Oncologia do hospital atende 200 pessoas diariamente. A equipe do Ambulatório é composta por 93 servidores. Este ano de 2020, que tem sido bem desafiador mundialmente, da perspectiva de Paulo se tornou o melhor ano de sua vida. “Eu renasci. Espero que minha história possa inspirar outras pessoas a acreditarem que também podem superar o câncer”.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE