O que faz uma casa de câmbio? Conheça as áreas de atuação, que vão além do turismo

Não é só de trocas de moedas para viagens internacionais que vive uma corretora de câmbio Uma corretora de câmbio, também conhecida como casa de câmbio, é o tipo de estabelecimento procurado na hora de fazer viagens internacionais. Popularmente conhecidas pela expressiva atuação na compra e venda de moeda estrangeira em espécie, as corretoras têm o turismo como apenas uma das suas especialidades, e reúnem diversos profissionais responsáveis por negociações comerciais, investimentos e gestão das oscilações de moedas.
Entre trocas de moedas, análises de investimentos, gestão de taxas e tantas outras atividades, é possível destacar ao menos duas áreas de atuação das corretoras de câmbio, além do turismo: as operações necessárias para o processo de internacionalização de empresas e remessas de valores para o exterior, que podem ser realizadas tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.
Internacionalização de empresas
Toda operação financeira realizada com o mercado internacional precisa da intermediação de uma corretora de câmbio. Seja no momento de pagar um fornecedor, quando a empresa importa produtos do exterior, seja na hora de receber pela venda de mercadoria ou serviço: é obrigatório fazer a conversão da moeda.
Corretora conta com um especialista em fechamento de câmbio
Freepik
Para isso, a corretora conta com um especialista em fechamento de câmbio, que fica responsável por acompanhar as oscilações da moeda e realizar a troca do dinheiro no melhor momento para o empresário.
Em Santa Catarina, a corretora Turcambio vem se consolidado como referência de operação de fechamentos de câmbio para empresas que negociam com o mercado exterior.
— Nos tornamos parceiros de muitas empresas que importam ou exportam mercadorias, e o sucesso desses relacionamentos vem nos colocando em destaque no Estado — comenta Leonardo Ribeiro, diretor de operações da Turcambio.
Remessa de valores
Existem diversas justificativas para uma pessoa enviar dinheiro para o exterior e, independentemente da razão, esse processo é intermediado por uma corretora de câmbio, desde que limitado ao valor de US$ 300 mil ou o seu equivalente em outras moedas.
Turcambio auxilia refugiados, que precisam de uma atenção diferenciada para a realização de remessa de valores para o exterior
Freepik
Com a Turcambio, esse trabalho tem sido reconhecido principalmente entre refugiados, que precisam de uma atenção diferenciada para a realização de todas as etapas que envolvem a remessa de valores para o exterior.
— São pessoas em situações extremamente delicadas, que exigem uma relação de confiança. Por isso é tão importante termos na empresa pessoas que tenham essa sensibilidade, para acompanhar de perto o envio desse dinheiro que, na maior parte das vezes, significa sustento para essas famílias —diz Leonardo.
Além deles, estudantes também procuram muito pelo serviço, seja para períodos curtos de intercâmbios, seja para longas estadias, buscando alternativas de longo prazo.
Em todos os casos, a Turcambio realiza atendimento personalizado, garantindo que o cliente possa finalizar as operações com os melhores preços.
Para realizar transações de moedas, conte com os serviços da Turcambio.