O papel da assessoria de imprensa em tempos de Covid-19

Mais do que nunca, é fundamental que haja sensibilidade e, principalmente, que se preze por informações relevantes e factuais acerca da Covid-19. É nessa hora que o papel da assessoria de imprensa se torna ainda mais crucial e necessário.

Neste período de crise provocado pela Covid-19, grande parcela do mercado mundial sofreu gravíssimo impacto econômico. Segundo a Bloomberg, estima-se que o novo coronavírus custe US$ 2,7 trilhões à economia global. Dentro do atual cenário, há setores que estão paralisados, enquanto outros receberam aumento significativo na demanda.

De modo geral, é primordial que todos se adaptem o mais rápido possível diante de um cenário extremamente delicado. Mais do que nunca, é fundamental que haja sensibilidade e, principalmente, que se preze por informações relevantes e factuais acerca do assunto. É nessa hora que o papel da assessoria de imprensa se torna ainda mais crucial e necessário.  

Setor de mídia tem aumento de tráfego

O setor de mídia, faz parte do grupo que, devido à crise, recebeu um crescimento no tráfego. Especificamente 40% a mais, de acordo o gráfico publicado pela NeilPatel. Emissoras de televisão, por exemplo, alteraram a grande padrão para ampliar a cobertura sobre a Covid-19. Programas de entretenimento, foram substituídos por noticiários locais e nacionais, a fim de contribuir principalmente com acesso à informação à população.

Confira, abaixo, o gráfico da NeilPatel. Além da mídia, setores como finanças, saúde e alimentação também recebem crescimento de tráfego.

Gráfico da NeilPatel sobre o crescimento e declínio de tráfego por segmento devido à crise da Covid-19

Gráfico disponibilizado pela Neil Patel sobre o crescimento e declínio do tráfego por segmentos devido ao Covid-19

Sugestões de pautas 

Tal resultado significa diretamente uma aumento expressivo de demanda na rotina de trabalho dos profissionais de imprensa. Como é de conhecimento mútuo, as redações estão cada vez mais enxutas e as demissões continuam a todo vapor. Por isso, o abastecimento com sugestões de pautas por parte dos assessores se torna ainda mais fundamental neste momento de crise. 

Afinal, a sociedade está buscando se munir com o máximo de informações sobre os acontecimentos atuais. Atender tamanha demanda não é fácil e, com menos profissionais para contribuir na execução, aumenta o grau de dificuldade e tensão por parte dos jornalistas de redação. Agora, mais do que nunca, sugestões de pautas bem elaboradas devem ser emplacadas na mídia sem muitas alterações.

Por um lado, o jornalista ao receber um https://noticias.adultoflix.com/wp-content/uploads/2020/07/release-1.html perfeito, otimiza tempo na busca pela  informação, pois economizar tempo e aumentar a produtividade é o objetivo atual. Por outro lado, a assessoria de imprensa consegue não só emplacar uma pauta do cliente na mídia, mas como também facilitar o trabalho dos colegas do lado oposto do balcão. Assim, ajudam fortemente a disseminar informações primordiais pelos veículos de comunicação.

Como abordar o Covid-19 em https://noticias.adultoflix.com/wp-content/uploads/2020/07/release-1.htmls

Neste momento, é comum que haja dúvidas sobre como abordar o coronavírus em materiais informativos. A preocupação em não cometer nenhum equívoco nas informações, não sendo oportuno com o atual momento, é extremamente válida. Para contribuir, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) criou uma material informativo com dicas e conselhos extremamente importantes para guiar a cobertura da Covid-19.

Em relação à produção de conteúdo em si, a Abraji registra 5 dicas:

  1. Reduzir o uso de adjetivos subjetivos nos relatórios; por exemplo: doença “mortal”;
  2. Use fotos com cuidado para não espalhar a mensagem errada;
  3. Explicar ações preventivas; isso pode tornar sua matéria menos aterrorizante;
  4. Lembre-se de que reportagens estatísticas são menos assustadoras do que as anedóticas;
  5. Evite manchetes “caça-cliques” e seja criativo na apresentação

 Fontes 

Outro elemento crucial para assessoria de imprensa é facilitar o acesso a fontes — especialistas no assunto — para abordar questões técnicas. Além de ser uma prestação à sociedade, por levar esclarecimentos e sanar dúvidas, é uma grande oportunidade para emplacar o assessorado na mídia em um momento que a audiência tem aumentado, principalmente com o isolamento social. As pessoas estão mais conectadas e sintonizadas.

Nessa hora, produzir https://noticias.adultoflix.com/wp-content/uploads/2020/07/release-1.htmls com artigos de especialistas é uma forma crucial para munir jornalistas de redação com informações que vão agregar à população. Profissionais ligados à saúde, como infectologistas e psicólogos, são exemplos. Claro, o bom senso deve prevalecer. Não é o momento (e nem deve existir) de ser oportunista e tentar vender pautas sem nenhum tipo de embasamento técnico/científico para aproveitar a ocasião.

Vale ressaltar que assessoria de imprensa é, mais do que nunca, o ponto focal que liga redações jornalísticas aos dados oficiais, por exemplo, do Ministério da Saúde e de outros órgãos oficiais. Os dados são fundamentais para compreender os avanços do vírus, o impacto e nas medidas que precisam ser tomadas para combatê-lo. 

Pautas sobre saúde devem prevalecer? 

Em meio à pandemia, naturalmente sugestões de pautas da área de saúde vão ganhar mais visibilidade e ter um retorno mais rápido na mídia. É a editoria do momento. Porém, há como emplacar pautas relevantes de clientes que pertencem a outros segmentos. Pode utilizar a Covid-19 e trabalhar com outro enfoque ou situações que ocorrem por consequência do vírus. 

Exemplos disso são os especialistas em home office. Com o isolamento social, muitas empresas aderiram ao modelo. Com isso, houve um salto gigantesco em notícias com dicas para trabalhar em casa e manter a produtividade e até ferramentas online que ajudam a realizar uma reunião, por exemplo. 

O importante é considerar a relevância de tal conteúdo e o interesse público por trás da notícia. Se há dúvidas de como relacionar determinado assunto ao momento de crise, alguns sites podem te ajudar a compreender os tipos de buscas que os usuários têm feito sobre o tema. Com base no interesse, pode surgir insights na hora de construir uma pauta contundente. Exemplos de websites: Answer The Public e KeyWord Tool

Pesquisa realizada no Aswer The Public sobre o termo coronavírus

Gráfico do site Answer The Public, com os principais termos de buscas efetuados pelos usuários na rede e que estão relacionados diretamente ao novo coronavírus.

Entrevistados 

Assim como exprimir a opinião de profissionais da área de saúde em https://noticias.adultoflix.com/wp-content/uploads/2020/07/release-1.htmls, o assessor de imprensa é responsável por auxiliar a colocação de médicos e demais especialistas para serem entrevistados por veículos de comunicação. 

Esses exemplos são típicos de programas televisivos. É comum notar um aumento significativo da participação de especialistas quando algum assunto está em alta. Afinal, tais profissionais não aparecem num estúdio de TV aleatoriamente, há todo processo estratégico por por trás, responsável pelas aparições.

Releases sobre outros assuntos 

Ao assessorar a imagem de algum cliente que não tenha nenhum tipo de relação com a Covid-19, não pense que é o momento de parar a distribuição de https://noticias.adultoflix.com/wp-content/uploads/2020/07/release-1.htmls. Pelo contrário. As editorias que cobrem saúde, no geral, de fato estão mais concorridas e disputadas. Porém, o restante dos segmentos, inclusive, diminuíram a concorrência, pois, devido à crise, clientes optam por diminuir as divulgações ou até suspendem momentaneamente os trabalhos de relações públicas. O que não deveria ser uma opção no atual cenário.

Por isso, relacionar-se com jornalistas de redação de editorias que não estejam conectadas com saúde pode ser mais acessível no momento. Afinal, com menos sugestões de pautas chegando por e-mail, o contato deve ser mais rápido. Veículos de comunicação que cobrem assuntos segmentados voltados para um nicho específico continuam quase com a mesmo fluxo de publicações. Então, é válido manter a rotina de envios das sugestões de pautas. 

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line