Novo decreto em Cianorte autoriza retomada de atividades e reduz período do toque de recolher


Segundo a prefeitura, medidas foram adotadas porque há uma redução no número de casos de Covid-19. Cianorte, a Capital do Vestuário.
Divulgação
Um novo decreto publicado pela Prefeitura de Cianorte, no noroeste, com medidas de flexibilização de funcionamento de atividades que estavam paralisadas começa a valer nesta sexta-feira (25). Entre as determinações, está a redução do período de vigência do toque de recolher , que passa a valer da 0h às 5h.
Conforme a prefeitura, as novas medidas foram adotadas porque o município não está registrando números elevados de casos de Covid-19, há uma certa estabilização da doença.
De acordo com boletim de quinta-feira (24) da Secretaria Municipal de Saúde, 915 moradores foram contaminados pelo novo coronavírus, sendo que 859 se recuperaram e 15 morreram por complicações da doença.
Coronavírus: Prefeitura de Cianorte decreta toque de recolher e muda horários de ônibus e supermercados
Igreja de Cianorte coloca fotos e nomes de fiéis em bancos na missa de celebração da Sexta-Feira Santa
Parques infantis foram higienizados pela Prefeitura de Cianorte antes da reabertura
Prefeitura de Cianorte/Divulgação
Confira o que muda:
Bares e lanchonetes : Podem funcionar até meia noite
Campos e quadras de esportes particulares e municipal : estão liberados, porém campeonatos estão proibidos;
Parque infantis e academias da terceira idade : estão liberados
Transporte público: ônibus podem funcionar sem restrição, a partir desta sexta-feira todas as pessoas podem circular no transporte coletivo. Antes, pessoas com mais de 60 anos estavam proibidas de entrar nos veículos;
Igrejas: podem receber qualquer quantidade de fieis, desde que as pessoas respeitem o distanciamento de um metro. É obrigatório o uso de álcool gel e de máscaras
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line