Navios do Japão e da Índia realizam exercícios no Índico em meio a impasse com China

Navios da Marinha da Índia

A Força Marítima de Autodefesa do Japão descreveu o objetivo das manobras como sendo “promover o entendimento mútuo”. Nas manobras entraram quatro navios de guerra, dois de cada país.

Exercícios navais realizados pelo Japão e a Índia têm agora caráter rotineiro, mas estes são enquadrados na atual situação de impasse entre a China e a Índia na região de Ladakh, na fronteira comum.

27 JUN, JS KASHIMA (TV 3508) and JS SHIMAYUKI (TV 3513), the JMSDF Training Squadron, conducted an exercise with INS RANA and INS KULISH, Indian Navy at the Indian Ocean. JMSDF promoted mutual understanding with Indian Navy through this exercise. pic.twitter.com/obiXOSVULH

— Japan Maritime Self-Defense Force (@jmsdf_pao_eng) June 28, 2020

​27 de junho, JS Kashima (TV 3508) e JS Shimayuki (TV 3513), do esquadrão de treinamento da Força Marítima de Autodefesa do Japão (JMSDF), conduziram exercícios com os navios INS Rana e INS Kulush, da Marinha indiana, no oceano Índico. Através deste exercício, a JMSDF promoveu entendimento mútuo com a Marinha indiana.

“Aproveitamos os exercícios para [realizar] comunicações estratégicas”, disse o vice-almirante indiano Pradeep Chauhan, diretor-geral da Fundação Marítima Nacional. Os navios das duas marinhas “não estavam lá para operações de combate, mas, sim, para sinalizar”, comentou.

“Precisamos estar próximos de nossos amigos, e os chineses sabem que existe uma escada direta de evolução entre o Japão e os Estados Unidos”, concluiu o vice-almirante indiano, relata Hindustan Times.

Os navios de treinamento da Marinha indiana INS Rana e INS Kulush se juntaram às embarcações da Marinha japonesa JS Kashima e JS Shimayuki. A Embaixada do Japão em Nova Deli especificou que estes foram os 15º exercícios realizados pelos países em três anos.

COM AGÊNCIAS